Cemig alerta para o risco de usar celular e tablet ligados no carregador

Existe até o perigo de superaquecimento e consequente explosão

por Encontro Digital 16/03/2018 14:50

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
(foto: Pixabay)
Apesar de fazerem parte de nosso cotidiano, celulares e tablets devem ser usados com cuidado, para evitar possíveis acidentes com a rede elétrica. De acordo com Demetrio Aguiar, engenheiro de Segurança do Trabalho da Cemig, o uso desses dispositivos eletrônicos, enquanto estão sendo recarregados, pode ocasionar superaquecimento da bateria e dos componentes internos, o que resulta até em explosão ou danos irrecuperáveis ao aparelho.

O uso de carregadores não originais também pode danificar smartphones e tablets, já que a produção não atende aos padrões internacionais exigidos pelos fabricantes dos aparelhos. Até por isso, eles têm um preço bastante atrativo mas não trazem segurança no uso.

"Os carregadores 'piratas' são relativamente mais simplificados e alguns itens importantes para a segurança dos usuários são inexistentes. Nos casos em que o carregador apresenta defeito, há o risco de a tensão de entrada, que é de 127 ou 220 volts, passar dessa normalidade, podendo energizar e danificar o aparelho, ocasionando, ainda, choque elétrico, explosões e princípios de incêndio. Por isso, o ideal é desconectá-los do carregador ao atender chamadas ou enviar mensagens", comenta o especialista da Cemig.

O carregamento deve ser feito com o aparelho sobre uma superfície lisa e bem ventilada, livre de materiais combustíveis como tecidos de toalhas de mesa, cortinas, forração de sofás, entre outros. "Em caso de princípio de incêndio, tais materiais queimarão com facilidade e propagarão as chamas a outros cômodos da casa ou do apartamento", alerta Demetrio Aguiar.

Ele destaca também que os dispositivos móveis devem ser evitados em alguns ambientes. "O uso desses aparelhos nos banheiros e cozinhas é ainda mais preocupante, pois esses locais contêm água nas pias, lavatórios e vasos sanitários. Se o aparelho entrar em contato com água, ele pode danificar e, caso esteja conectado ao carregador, até provocar choque elétrico nas pessoas que o manuseiam", diz o engenheiro.

Outro alerta importante é que, durante as tempestades, o uso do aparelho só poderá ser feito se não estiver conectado ao carregador.

(com Agência Minas)

Últimas notícias

Comentários