Descoberto exoplaneta que parece com a Terra e com Mercúrio

O K2-229b fica a 340 anos-luz daqui e é praticamente formado por metais

por João Paulo Martins 29/03/2018 10:52

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
M. Kornmesser/ESO/Divulgação
Apesar de ter o tamanho da Terra, a estrutura do recém descoberto exoplaneta K2-229b é similar à de Mercúrio (foto: M. Kornmesser/ESO/Divulgação)
Um grupo de astrônomos da Universidade de Warwick, no Reino Unido, descobriram um exoplaneta localizado a 340 anos-luz da Terra que possui características que misturam as do nosso planeta com as de Mercúrio. O achado foi publicado no dia 26 de março na revista científica Nature.

O novo corpo celeste, chamado de K2-229b, conta com um núcleo metálico (70% de sua composição) e um manto rico em silicatos (30%). Essa proporção faz com que seja muito parecido com Mercúrio. Por outro lado, seu tamanho é o mesmo do nosso planeta, embora sua densidade seja 2,5 vezes maior.

"Mercúrio se destaca dos outros planetas do Sistema Solar, mostrando uma porcentagem muito alta de ferro, o que implica que se formou de uma maneira diferente. Ficamos surpresos ao ver um exoplaneta com a mesma densidade elevada, o que mostra que planetas parecidos com Mercúrio talvez não sejam tão raros quanto pensávamos", diz o pesquisador David Armstrong, um dos autores do estudo, no artigo publicado na Nature.

Ele explica ainda que o K2-229b é o planeta mais afastado de um sistema formado por pelo menos três corpos celestes. "Embora todos os três orbitem muito mais perto de sua estrela do que Mercúrio", comenta Armstrong. Neste caso, o astrônomo faz referência à estrela chamada K2-229, que é similar ao Sol em termos de temperatura, mas possui menos massa e é um pouco mais jovem. Os outros dois planetas descobertos até agora são o K2-229c e o K-229d.

Por meio da sonda espacial Kepler, lançada em 2009 para "navegar" por nosso Sistema Solar observando outras partes do Universo, os pesquisadores descobriram que a temperatura na superfície do novo exoplaneta pode chegar a 2.000º C.

(com Agência Sputnik)

Últimas notícias

Comentários