Placas de identificação dos carros no padrão do Mercosul passam a valer em setembro

Resolução do Conselho Nacional de Trânsito acaba de regulamentar as placas

por Vinícius Andrade 08/03/2018 15:12

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Parlamento do Mercosul/Divulgação
Criadas em 2014, só agora o Conselho Nacional de Trânsito regulamentou a implantação das novas placas veiculares no padrão do Mercosul. Elas passam a valer em setembro de 2018 (foto: Parlamento do Mercosul/Divulgação)
As novas placas de identificação de veículos, padronizadas para o Mercosul, devem começar a vigorar já sem setembro deste ano no Brasil. O modelo foi apresentado em 2014 e estava previsto para ser adotado em nosso país em janeiro de 2016, mas foi adiado duas vezes: primeiro para 2017 e, depois, sem prazo específico. O padrão já foi implantado na Argentina e no Uruguai.

Segundo a Resolução 729 publicada pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) nesta quinta, dia 8 de março, caberá ao órgão de trânsito de cada estado (Detrans) decidir quando as novas placas começarão a ser usadas. Mas, a partir de 1º de setembro de 2018, todos os Detrans deverão fornecer os novos modelos aos veículos 0 km, bem como para os carros que passarem pelo processo de transferência de município ou propriedade ou quando tiverem as placas substituídas. Para os automóveis usados, o prazo para a troca das placas é dia 31 de dezembro de 2023.

Proprietários de veículos usados, no entanto, poderão antecipar a troca das placas de identificação, desde que adquiram o acessório a um custo estimado entre R$ 120 e R$ 200. Visualmente, o material mudará para o novo padrão, mas a antiga combinação de letras e números continuará constando no documento do carro.

O que muda

Ao invés de três letras e quatro números, como é atualmente, as novas placas terão quatro letras e três números, dispostos de forma aleatória. Porém, o último caractere sempre será numérico, para não interferir nos rodízios municipais. A cor de fundo das placas padronizadas do Mercosul será sempre branca, com faixa superior azul.

Do lado esquerdo do acessório de identificação veicular constará a bandeira do Mercosul; no centro, o nome do país de origem; e do lado direito, a bandeira do país de origem. Nomes da cidade e do estado estarão na lateral direita, acompanhados dos respectivos brasões.

Últimas notícias

Comentários