Dieta rica em castanhas e sementes é melhor para o coração, diz estudo

Cientistas descobriram que a proteína vegetal pode prevenir problemas cardíacos

por João Paulo Martins 06/04/2018 12:47

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
(foto: Pixabay)
Dieta vegana ou carnívora (onívora): qual a melhor para a saúde? Esta discussão vem sendo feita há anos, mas, um novo estudo chega para colocar "mais lenha na fogueira". Segundo pesquisadores da Universidade de Loma Linda, na Califórnia (EUA), e do Instituto Nacional de Pesquisas Agronômicas da França, o consumo de vegetais, especialmente castanhas e sementes, é muito mais saudável para o coração do que as carnes.

Publicado no periódico científico International Journal of Epidemiology, o estudo descobriu que as pessoas que consumiam quantidades significativas de carne apresentaram um risco aumentado de doenças cardíacas. Por outro lado, aqueles que se alimentaram de proteínas de origem vegetal, como nozes e sementes, conseguiram proteger melhor o coração.

Depois de coletar dados de mais de 81 mil pessoas, os pesquisadores concluíram que, em média, aqueles que comiam mais carne experimentaram um aumento de 60% no risco de desenvolver problemas no sistema cardiovascular, enquanto aqueles que comiam proteína vegana se beneficiaram de um risco reduzido de 40%.

Para Gary Fraser, da Universidade de Loma Linda, principal autor da pesquisa, os cientistas já suspeitavam que a incorporação de castanhas e de sementes na dieta ajudaria a proteger contra doenças cardíacas, e o novo estudo confirmou essa teoria. "Embora as gorduras façam parte da história humana por trazerem risco de doenças cardiovasculares, as proteínas também podem ter efeitos independentes e importantes, que são ignorados", comenta o pesquisador.

Fraser acredita que as descobertas atuais servirão de pontapé inicial para pesquisas futuras sobre como determinados aminoácidos encontrados em proteínas animais contribuem para o aumento do risco de doenças cardíacas, além de investigações sobre a relação delas com a pressão arterial, com os lipídios (gordura) no sangue e com o peso.

Apesar de ainda não se ter um resultado taxativo sobre como as dietas vegana e carnívora podem afetar a saúde do coração, estudos recentes já demonstraram que o consumo regular de carne vermelha e processada é um fator de risco para o surgimento de câncer colorretal.

Últimas notícias

Comentários