Ministério da Saúde muda data da campanha de vacinação contra a gripe

O início da imunização contra o Influenza passa a ser no dia 23 de abril

por Encontro Digital 02/04/2018 16:54

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Marcus Ferreira/SES-MG/Divulgação
(foto: Marcus Ferreira/SES-MG/Divulgação)
Segundo a secretaria de estado de Saúde (SES) de Minas Gerais, o Ministério da Saúde mudou o período da Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza. O início da campanha passará de 16 para 23 de abril e o fim da campanha muda de 25 de maio para 1º de junho. Já o dia 12 de maio será realizado o chamado Dia D, data da mobilização nacional.

Essa mudança teria ocorrido, conforme a SES, em virtude do atraso da entrega do imunobiológico pelo Instituto Butantan, de São Paulo, responsável pela produção da vacina. O instituto se justificou dizendo que, em razão da alteração de duas cepas de vírus a serem utilizadas na campanha de 2018 para produção da vacina trivalente no hemisfério sul, foi necessário importar novas cepas para poder produzir o imunizante, o que acabou atrasando a produção da vacina e a consequente dificuldade de entregar o produto para o início da campanha no dia 16 de abril.

De acordo com o Ministério da Saúde, apesar dessa alteração, a campanha será realizada no período considerado ideal (abril e maio), antes do pico de transmissão do vírus Influenza no Brasil, que ocorre no mês de julho.

Vale lembrar que a vacina contra a gripe é direcionada às pessoas com 60 anos ou mais de idade; crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade; gestantes; puérperas (até 45 dias após o parto); trabalhadores da área da saúde; professores das escolas públicas e privadas; povos indígenas; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; população privada de liberdade, jovens cumprindo medidas socioeducativas e funcionários do sistema prisional.

No Brasil, o público alvo deve representar aproximadamente 60 milhões de pessoas e a meta (nacional) é vacinar, pelo menos, 90% dos grupos elegíveis para a campanha de imunização. Em Minas Gerais, a SES espera vacinar 5.034.284 indivíduos.

O Influenza é um vírus de circulação sazonal e, em 2018, a vacina disponibilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é trivalente, protegendo contra três tipos do micro-organismo: o H3N2, o H1N1 e o B.

(com Agência Minas)

Últimas notícias

Comentários