Segurança filma suposto fantasma no estádio do Huracán, na Argentina

A cena polêmica teria sido filmada nas dependências do estádio Tomás Adolfo Ducó

por João Paulo Martins 04/04/2018 12:54

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Twitter/QuePasaSalta/Reprodução
A polêmica gravação feita dentro do estádio do clube Huracán, na Argentina, mostra o que parece ser um suposto fantasma (foto: Twitter/QuePasaSalta/Reprodução)
Um vídeo gravado na Argentina, e que está circulando nas redes sociais, vem causando curiosidade em muitos internautas. Segundo o portal argentino de notícias esportivas Toda Pasión, as imagens que mostram supostos fenômenos paranormais foram capturadas no estádio Tomás Adolfo Ducó, que é a casa do clube Huracán, da primeira divisão do Campeonato Argentino.

Não se sabe quando a gravação foi feita, mas ela mostra um segurança incomodado com o barulho "estrondoso" que uma porta estava fazendo ao bater. Nas imagens, é possível evr que ele se aproxima do objeto e diz: "Como pode ser? Estou gravando para que todo mundo acredite". Quando ele entra no cômodo, que parece ser um vestiário em reforma, não encontra ninguém lá dentro.

Mas, como consta no site Toda Pasión, por volta de um minuto e oito do vídeo, é possível perceber que uma espécie de "vulto" passa próximo de um dos bancos do vestiário do estádio do Huracán.
Huracán/Divulgação
O estádio do Huracán foi construído na década de 1920 e fica na cidade de Buenos Aires (foto: Huracán/Divulgação)

Alguns internautas aproveitaram a polêmica gerada pelaa gravação do suposto fantasma para comentar no portal argentino de notícias esportivas. "É o mesmo fantasma que assolou o 'mudomental'  em 2011[referência à derrota do River Plate para o Boca Juniors, em casa, no Monumental de Núñez]", brinca Ricardo Van Bronckhorst, no Toda Pasión. "Com os problemas cruciais e fundamentais que temos, dedicam-se a imbecilidades e idiotices como fantasmas. Fazem isso para confundir o povo e perdem tempo. Estamos crescidos e não vão mais nos enganar", reclama Erni Peres. "São os fantasmas que atacam as crianças", comenta Ketty Cozzolino. "É o louco 7 [referência ao ex-jogador René Houseman] jogando um rato em sua casa", ironiza Ezequiel Soliz.

Assista, abaixo, ao intrigante vídeo e tire suas próprias conclusões:

Últimas notícias

Comentários