Publicidade

Estado de Minas BRASIL

Será que teremos o Inverno mais rigoroso dos últimos 100 anos?

Boato circula nas rede sociais e pedem que os brasileiros se preparem


postado em 23/04/2018 17:39 / atualizado em 23/04/2018 17:40

"Preparem os casacos. O Brasil terá o Inverno mais frio dos últimos 100 anos. As simulações atmosféricas confirmaram a indicação que já vinha sendo apontada há alguns dias: 2018 poderá ter o Inverno mais rigoroso do ultimo seculo no Brasil. Com as projeções atuais, não seria exagero dizer que os os dias no Inverno serão congelante", essa informação vem sendo compartilhada nas redes sociais, especialmente no Facebook e no WhatsApp. Porém, não passa de mais uam fake news (notícia falsa).

De acordo com Renata Tedeschi, do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), a probabilidade é que tenhamos um "período de normalidade" na estação mais fria do ano. A especialista afirma que o Brasil não deve sofrer tanto com os efeitos dos fenômenos El Niño e La Niña, que afetam as águas do oceano Pacífico e costumam influenciar as temperaturas em nosso país. "Quanto à previsão de temperatura, elas devem estar dentro da normalidade em todo país", diz Tedeschi em vídeo publicado no YouTube, na conta oficial do CPTEC, no dia 4 de abril.

O site Boatos.org, especializado em desbancar fake news que circulam na internet, analisou o texto que circula nas redes sociais e alerta que ele tem todas as características de boato: sem fonte oficial; traz uma informação exagerada; e não possui comprovação científica. "O primeiro ponto que denuncia que se trata de uma informação exagerada está na própria estrutura do texto. Ele não tem informações suficientes. Se 2018 terá o pior Inverno, qual era o pior até então? Que 'simulações atmosféricas' apontam que teremos o 'pior Inverno'? Onde teremos muito frio, neve e geada? Essa falta de informações e fontes já nos deixa desconfiados", diz a análise publicada pelo portal que desbanca as mentiras difundidas na internet.

Como o Brasil possui dimensões continentais, as variações climáticas das regiões é algo bastante conhecido dos meteorologistas. Não é possível, portanto, fazer uam previsão acertada que inclua grande parte dos estados. Para se ter uma ideia de frio histórico, o Boatos.org descobriu que a menor temperatura já registrada em nosso país foi em 1953, na cidade de Xanxerê, em Santa Catarina, quando os termômetros chegaram a -11,1º C. Outro dado curioso: a capital do Acre, Rio Branco, que costuma ter um clima quente e úmido, já chegou a 9,1º C, em 1952.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade