Publicidade

Estado de Minas BELEZA

Tire algumas dúvidas sobre a aplicação de Botox

Será que o efeito da toxina botulínica é imediato?


postado em 16/04/2018 09:23 / atualizado em 16/04/2018 09:40

Atualmente, a "ditadura" da beleza faz com que muitas pessoas busquem alternativas para deixar a aparência cada vez mais jovial. Entre os inúmeros procedimentos e tratamentos estéticos, um dos mais procurados é a aplicação da toxina botulínica, popularmente conhecida pela marca Botox.

De acordo com dados do Censo 2016, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a toxina botulínica é o segundo tratamento não-cirúrgico mais procurado do Brasil, perdendo apenas para o preenchimento. O procedimento é caracterizado pelas aplicações da substância obtida da bactéria Clostridium botulinum em músculos específicos, causando o relaxamento da musculatura.

Para a dermatologista Teresa Noviello, é preciso esclarecer alguns pontos sobre o uso do Botox, já que é crescente o número de pacientes adeptos desse método que elimina as marcas de expressão. "É natural que surjam dúvidas. Primeiramente, o principal ponto que o paciente deve observar é a formação do profissional médico. É de suma importância que o mesmo seja especialista na área e capacitado", comenta a especialista.

A médica cita alguns mitos e verdades sobre a toxina botulínica:

Efeito imediato
Mito. Teresa Noviello explica que é preciso aguardar de 24 a 48 horas para que a substância comece a agir. "É preciso esperar dois ou três dias para que os resultados apareçam. Estudos mostram que os efeitos máximos são atingidos em duas semanas".

O Botox previne rugas
Verdade. Segundo a dermatologista, as aplicações em pacientes jovens ajudam a evitar lesões profundas na derme – que causam a ruga –, pois agem nos músculos que se movem excessivamente. "Há alguns músculos que se movem mais. Esse excesso de movimentações marca a pele profundamente e gera a ruga. Ao aplicar Botox nessas áreas, mesmo que possuam apenas marcas suaves, os músculos deixam de fazer esses movimentos".

Botox não serve só para marcas de expressão
Verdade. A dermatologista esclarece que o Botox é recomendado também para estrabismo, hiperidrose axilar e palmar (suor excessivo), sorriso gengival, bruxismo, distonias e espasticidade, entre outras funcionalidades.

A aplicação da toxina é dolorosa
Mito. "Não, praticamente indolor e normalmente feita com agulhas bem finas, como as de insulina", assegura Teresa. Mas, ela lembra que em pacientes mais sensíveis, pode ser utilizado um anestésico tópico local.

O produto age melhor em certas partes do rosto
Mito. De acordo com a médica, o Botox é sempre eficaz, mas depende da aplicação adequada, realizada por um profissional qualificado. Ou seja, é preciso saber como aplicar, o local e o músculo exatos e a dose ideal, para que se tenha o resultado eficaz e satisfatório.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade