Cigarro eletrônico causa insuficiência respiratória em jovem nos Estados Unidos

A americana de 18 anos usou vaporizador por três semanas consecutivas

por João Paulo Martins 17/05/2018 15:48

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Consumerhealthdigest.com/Reprodução
Uma jovem americana usou cigarro eletrônico do tipo vaporizador por três semanas e adquiriu pulmões úmidos, condição grave que leva à insuficiência respiratória (foto: Consumerhealthdigest.com/Reprodução)
Uma jovem que mora no interior do estado da Pensilvânia, nos Estados Unidos, foi hospitalizada com uma condição grave conhecida como "pulmão úmido", que causa insuficiência respiratória, após usar cigarro eletrônico do tipo vaporizador por três semanas seguidas. A informação foi divulgada pelo canal de TV americano CNN.

A garota de 18 anos, que não teve o nome revelado, desenvolveu pneumonite por hipersensibilidade, também conhecida como "pulmão úmido", depois de usar vaporizador, uma espécie de cigarro eletrônico mais moderno e potente. Seu caso foi avaliado por especialistas do Centro Médico da Universidade de Pittsburgh (EUA) e publicado na revista oficial da Academia Americana de Pediatria (American Academy of Pediatrics).

Segundo a CNN, a jovem começou a ter crises de tosse, dores no peito e teve dificuldade para respirar depois de usar o vaporizador durante três semanas consecutivas. Acreditando que essa condição era causada por uma infecção pulmonar, os médicos da Universidade de Pittsburgh prescreveram antibióticos. Mas o quadro de saúde dela piorou.

Mais tarde, a garota precisou ser hospitalizada, porque sua condição passou a ser de insuficiência respiratória e hipóxia (quando não há oxigênio suficiente no sangue, nas artérias e nos tecidos). Ele passou a respirar com a ajuda de aparelhos e os médicos gastaram cinco dias para drenar o líquido presente nos pulmões.

Os especialistas ouvidos pela CNN afirmam que esse deve ser o primeiro caso registrado de pulmão úmido em jovem causado pelo uso de cigarro eletrônico.

Vale dizer que essa condição surge quando o material inspirado pelos pulmões desencadeia uma resposta imune do organismo intitulada hipersensibilidade. Com isso, o tecido pulmonar fica inflamado, gerando a pneumonite.

No pulmão úmido agudo, os sintomas podem incluir tosse, falta de ar, febre e dor nas articulações, que podem surgir repentinamente. A forma crônica pode levar anos para se desenvolver – as tosses e a falta de ar são reflexos da cicatrização dos pulmões.

Os especialistas do Centro Médico da Universidade de Pittsburgh lembram que os vaporizadores ou mesmo os cigarros eletrônicos estão cada vez mais populares entre os jovens, e são vistos como uma "alternativa" aos cigarros convencionais, mas os riscos que eles provocam ainda não estão claros.

Últimas notícias

Comentários