Vereadores encontram o parque Fernão Dias muito degradado

A área de proteção fica na região nordeste de Belo Horizonte

por Encontro Digital 29/05/2018 11:52

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Flickr/Câmara de BH/Ernandes/Reprodução
Durante visita técnica realizada no dia 23 de maio, vereadores de Belo Horizonte encontraram vários sinais de vandalismo no parque Fernão Dias, que fica na região nordeste da cidade (foto: Flickr/Câmara de BH/Ernandes/Reprodução)
Vereadores da Comissão de Meio Ambiente e Política Urbana da Câmara Municipal de Belo Horizonte (CMBH) relatam ter encontrado abandono, falta de segurança, vandalismo e pichação durante uma visita técnica ao parque Fernão Dias, no bairro de mesmo nome, na região nordeste da capital mineira. Durante a visita, realizada no dia 23 de maio, a Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica (FPMZB), da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), afirmou que vem trabalhando para recuperar o espaço. Responsável pelo pedido da visita técnica da comissão, o vereador Edmar Branco (Avante) disse, na ocasião, que pretende encaminhar ofício aos órgãos competentes, cobrando a realização de reparos na área de conservação, incluindo a instalação de novos equipamentos e uma ronda diária da Guarda Municipal.

Com a retirada do vigia e da Guarda Municipal, o parque Fernão Dias tem sido invadido por vândalos, que já arrebentaram cercas e a grade do portão de entrada e da quadra de esportes, roubaram um bebedouro, picharam a portaria e quebraram azulejos e pias dos banheiros, arrancando inclusive torneiras.

Segundo a FPMZB, o órgão tem se empenhado para minimizar danos causados aos parques da capital, decorrentes do vandalismo. A fundação informou que, mesmo buscando, de forma recorrente, a recuperação das áreas depredadas no parque Fernão Dias, a capacidade de resolução é menor do que a demanda emergente, ressaltando que a cidade possui um total de 74 parques. Segundo o representante do órgão, as ações a serem executadas necessitam do envolvimento da comunidade e de outras pastas da PBH, como a secretaria de Assistência Social e a secretaria de Segurança Pública.
Flickr/Câmara de BH/Ernandes/Reprodução
(foto: Flickr/Câmara de BH/Ernandes/Reprodução)

A Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica revelou ainda que discutiu o problema com a regional responsável pelo parque, que assegurou que vai escalar uma equipe para recuperar o que foi depredado. Contudo, os representantes da PBH lembraram que, recentemente, vários alambrados foram retirados e recolocados e que os banheiros também já foram recuperados, há menos de um ano. Há cerca de 20 dias, contudo, vândalos teria quebraram toda a bancada de mármore do banheiro para retirar uma torneira.

Quanto ao bebedouro, a FPMZB já dispõe de novo equipamento, mas precisa instalar, primeiramente, uma grade, para que seja colocado num espaço fechado, evitando, assim, que seja novamente roubado.

Quanto à segurança, a PBH justificou que a ausência do serviço prestado pela Guarda Municipal é uma realidade em todas as unidades da fundação, mas que a solicitação que um guarda circule na área será encaminhada ao Comando da Guarda Municipal, embora a atual prioridade seja o patrulhamento de escolas e dos centros de saúde.

(com Superintendência de Comunicação Institucional da CMBH)

Últimas notícias

Comentários