Ações do Banco Central fazem dólar cair para R$ 3,7

O BC está realizando swaps, que é a venda futura da moeda americana

por Encontro Digital 13/06/2018 08:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
(foto: Pixabay)
Depois de o dólar comercial ter chegado a R$ 3,92 no dia 2 de junho, as inúmeras ações do Banco Central (BC) para conter a alta da moeda americana parecem que estão surtindo efeito. Na terça, dia 12 de junho, o dólar  fechou em queda, cotado a R$ 3,7075 na venda, com um recuo de 0,52%, graças a duas ações de swaps cambias (venda futura) da moeda americana realizadas ao longo do dia pelo BC.

O Banco Central ofertou até hoje o total de US$ 16,11 bilhões em swaps, conseguindo segurar a alta do dólar mesmo com a expectativa da alta de juros da economia americana a ser anunciada na reunião desta quarta (13) pelo Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos. Na segunda (11), o dólar chegou a subir 0,54%, mesmo com intervenção do BC. A estratégia anunciada pelo Banco Central foi de injetar US$ 20 bilhões em novos swaps cambiais até a próxima sexta-feira (15) para dar liquidez ao mercado.

Já o índice da Bolsa de Valores de São Paulo (Ibovespa) conseguiu fechar em alta de 0,62% na terça (12), com 72.754 pontos, alternando cinco dias seguidos em baixa. As ações preferencias da Petrobras acompanharam a tendência de alta, subindo 0,32%, com os papéis da Vale alcançando valorização de 1,67%.

(com Agência Brasil)

Últimas notícias

Comentários