Pela primeira vez, um militar assume o Ministério da Defesa

O general Joaquim Silva e Luna assume pasta de Raul Jungmann

por Encontro Digital 13/06/2018 10:46

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Jane de Araújo/Agência Senado/Divulgação
(foto: Jane de Araújo/Agência Senado/Divulgação)
Pela primeira vez desde que foi criado em 1999, o Ministério da Defesa será comandado por um militar. Por meio do decreto assinado pelo presidente Michel Temer e publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta, dia 13 de junho, o general pernambucano Joaquim Silva e Luna passa a assumir o cargo de ministro da Defesa. Desde fevereiro, o militar do Exército já vinha respondendo pela pasta de forma interina, no lugar de Raul Jungmann, que está a cargo do recém criado Ministério Extraordinário da Segurança Pública.

Aos 68 anos, o general de reserva do Exército, Joaquim Silva e Luna, que desde 2015 detinha o cargo de secretário-geral do Ministério da Defesa, passa a comandar oficialmente a pasta. Segundo o governo federal, a escolha serve para reforçar a articulação entre as Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica) e a Defesa com outras áreas do país, estabelecendo políticas públicas como a Estratégia Nacional de Defesa, aprovada em 2008.

O ex-deputado federal Raul Jungmann (sem partido-PE) comandou o Ministério da Defesa de maio de 2016 a fevereiro de 2018, quando foi instituída a Intervenção Militar no estado do Rio de Janeiro e a consequente criação do Ministério Extraordinária da Segurança Pública.

Últimas notícias

Comentários