Anvisa suspende produtos de beleza com problemas de fabricação

Uma das empresas teve todos os produtos suspensos pela agência

por Encontro Digital 10/07/2018 09:43

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Halficosmeticos.com.br/Reprodução
A Anvisa suspendeu vários produtos de beleza por problemas no processo de fabricação, incluindo todos os lotes da loção pós-barba mentolada Palmindaya (foto: Halficosmeticos.com.br/Reprodução)
Em duas resoluções publicadas na sexta, dia 6 de julho, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) suspendeu produtos cosméticos fabricados por duas empresas do setor. Segundo a Anvisa, a proibição se deu após a constatação de problemas encontrados no processo de fabricação.

Uma das empresas é a Viavip Cosméticos Ltda, que teve todos os seus produtos de beleza suspensos. A inspeção realizada no mês de abril deste ano revelou que o processo de produção apresentava falhas e que havia falta de atendimento às Boas Práticas de Fabricação de Cosméticos, conforme regulamentação da Vigilância Sanitária.

A outra empresa afetada é a Palmindaya Cosméticos Ltda. Também por meio de inspeção, a Anvisa detectou que a fabricação de cosméticos estava fora das especificações recoemndadas, incluindo alteração da faixa de pH dos produtos – o potencial de hidrogênio (pH) é usado para medir o nível de acidez das substâncias.

No caso da empresa Palmindaya, foram suspensos seis diferentes produtos:

  • Loção Pós-Barba Mentolada Palmindaya, com lotes fabricados em 2017

  • Loção Pós-Barba com Aloe Vera, com lotes fabricados em 2017

  • Loção Pós-Barba Sport, com lotes fabricados em 2017

  • Creme de Barbear Mentolado Palmindaya, lote 593, fabricado em 20 de julho de 2017

  • Creme com Extrato de Pepino Palmindaya Hidratante, lote 0083, fabricado em 27 de abril de 2017

  • Desodorante Creme Hidratante Mãos e Pés Essência Flor de Laranjeira Palmindaya, lote 011, fabricado em 16 de junho de 2017

(com portal da Anvisa)

Últimas notícias

Comentários