Parques municipais serão reabertos na quarta, dia 18 de julho

Das Mangaberias, Serra do Curral e Burle Marx passam a receber visitantes vacinados contra a febre amarela

por Encontro Digital 16/07/2018 14:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Flickr/PBH/Arquivo PBH/Reprodução
(foto: Flickr/PBH/Arquivo PBH/Reprodução)
A partir da próxima quarta, dia 18 de julho, os parques municipais das Mangabeiras (inclusive o Mirante do Mangabeiras) e da Serra do Curral, na região centro-sul, serão reabertos  pela Prefeitura de Belo Horizonte (PBH). Ainda assim, de acordo com a PBH, para visitar os locais será necessário comprovar imunização contra a febre amarela, sendo que a vacina deve ter sido aplicada há pelo menos 10 dias da visita.

Segundo Sérgio Augusto Domingues, presidente da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica, como ainda prevalece o estado de alerta em relação às medidas preventivas contra a febre amarela, mesmo tendo havido uma melhora nos indicadores de controle da doença, a secretaria municipal de Saúde autorizou a reabertura desses dois parques e reiterou necessidade da apresentação do cartão de vacinação ou a garantia de que os visitantes estejam vacinados (termo de compromisso).

Aqueles que quiserem evitar as filas, que podem ocorrer no processo de conferência dos cartões ou assinatura dos termos de compromisso, têm a opção de fazer o agendamento prévio das visitas ao Parque das Mangabeiras e da Serra do Curral no site da PBH. Para grupos de visitantes é fundamental que o agendamento seja feito, para comodidade e conforto de todos.

"Tanto a fundação quanto a secretaria municipal de Saúde, enquanto órgãos do poder público, têm o dever de trabalhar preventivamente diante dessa situação até que possamos dizer que os riscos de transmissão sejam mínimos. Essas medidas de controle visam a não privar a população do lazer saudável nessas áreas nas férias de julho, pois a única medida efetiva de prevenção da doença é a vacina. Estamos recomendando à população que realize o agendamento das visitas, via portal da PBH, para conforto da população. Com isso, será possível fazer  apenas a conferência dos nomes dos visitantes na portaria, evitando filas muito longas. Quem estiver agendado terá mais agilidade e comodidade no acesso", comenta Sérgio Augusto.

Também será reaberto na quarta (18) o parque  ecológico Roberto Burle Marx (Parque das Águas), localizado no Barreiro. O último dos parques fechados em função do surto de febre amarela abrirá as portas à população com funcionamento normal (de terça a domingo, das 7h às 18h).  Nesse parque, a secretaria municipal de Saúde têm realizado ações de conscientização com a comunidade local, no sentido de lembrar que, para visitar quaisquer áreas verdes, sejam parques, sítios, fazendas, entre outros, é imprescindível vacinar-se contra a febre amarela. Para visitar o Burle Marx permanece a recomendação ativa de imunização contra a febre amarela.

Áreas de visitação

No Parque das Mangabeiras, as áreas de mata e trilhas estarão com acesso temporariamente restrito, permitido somente para pessoas autorizadas, como pesquisadores e funcionários. A área a ser reaberta ao público contempla as Praças das Águas e de Esportes, Ilhas do Passatempo e Ciranda de Brinquedos, além do estacionamento. "Após meses fechado, é natural que um local com a riqueza de fauna do Parque das Mangabeiras sofra uma reorganização das populações silvestres. A restrição dos acessos permitirá o manejo progressivo da fauna local, sem prejudicar o lazer nas áreas de uso público intensivo. Precisamos fazer com que essa reaproximação da fauna com o público não seja impactante, assim como fizemos em 2017, e, para isso, reabriremos as áreas de forma planejada, paulatinamente e de forma organizada, visando à segurança dos visitantes e à conservação de toda a biodiversidade", explica o presidente da Fundação de Parques Municipais e Zoobotânica.

No caso do Parque da Serra do Curral, a trilha Travessia da Serra do Curral, na crista da montanha, ainda não foi retomada (estão em andamento ações de readequação e manejo da área), mas os visitantes poderão percorrer a pé e sem guias o trajeto dos mirantes um a três do Parque, como já era feito antes, em um percurso total de aproximadamente 1,8 km em trecho de média dificuldade. O parque Roberto Burle Marx estará com todas as áreas internas abertas à população.

(com portal da PBH)

Últimas notícias

Comentários