Twitter não confirma exclusão de 70 milhões de contas

Ação seria visando usuários inativos ou falsos

por Encontro Digital 10/07/2018 09:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
(foto: Pixabay)
Na sexta, dia 6 de julho, o jornal americano The Washington Post divulgou que 70 milhões de contas consideradas falsas foram removidas do Twitter, provocando queda no número de usuários ativos no primeiro trimestre deste ano. Três dias depois, a rede social de 280 caracteres informa que essa limpeza de usuários não deve afetar o cálculo geral da quantidade de pessoas ativas. Segundo Ned Segal, diretor financeiro do Twitter, o esforço é para "melhorar a plataforma".

"Alguns esclarecimentos: a maioria das contas que removemos não são incluídas em nosso relatórios de métricas, pois elas não estão ativas na plataforma há 30 dias ou mais, ou as pegamos no momento de inscrição e elas nunca são contadas", publica Segal em sua conta oficial no Twitter – ele tem pouco mais de 5,3 mil seguidores.

"Se retirássemos 70 milhões de contas de nossas métricas, nós diríamos isso diretamente para vocês. A notícia [do Washington Post] reflete nossa vontade de melhorar a saúde do serviço. Saiba mais em nossa divulgação de balanço no dia 27 de julho", completa o diretor financeiro em outro tuíte.

A onda de "limpeza" das contas é uma das iniciativas recentes da empresa contra o spam e uso abusivo de perfis falsos (especialmente na divulgação de fake news, ou notícias falsas). No mês passado, o Twitter anunciou novas medidas para combater abusos e comportamentos de ódio.

(com Agência Brasil e Agência Xinhua)

Últimas notícias

Comentários