Publicidade

Estado de Minas CURIOSIDADE

Dona de casa tatua um pênis no braço e para a internet

A tattoo inusitada foi feita na cidade de Rio de Ostras


postado em 01/03/2019 09:40 / atualizado em 01/03/2019 13:23

A dona de casa Rosineia Gomes, de 53 anos, está causando polêmica em todo o Brasil com sua nova tatuagem de pênis no braço(foto: Instagram/mauricio.miranda.5895/Reprodução)
A dona de casa Rosineia Gomes, de 53 anos, está causando polêmica em todo o Brasil com sua nova tatuagem de pênis no braço (foto: Instagram/mauricio.miranda.5895/Reprodução)

Quando o tatuador Maurício Miranda, do Maurício Art Tattoo Studio, da cidade de Rio das Ostras, região norte do estado do Rio de Janeiro, publicou duas imagens de uma arte que tinha acabado de fazer na última quarta, dia 27 de fevereiro, não podia imaginar a repercussão que causaria em todo o Brasil. A polêmica tattoo foi solicitada pela dona de casa Rosineia Gomes, de 53 anos, e representa nada menos que o órgão sexual masculino.

Neia, como é conhecida a também moradora de Rio das Ostras, chegou ao estúdio de tatuagem com a intenção de colocar a figura do pênis em uma de suas nádegas, mas acabou mudando de ideia e fez a arte no antebraço direito, por conta da opinião de um dos filhos. "Queria fazer no bumbum, mas meu filho falou que ninguém veria minha tatuagem. Pensei melhor e decidi fazer no braço. Queria fazer algo único. Acho que sou a única brasileira que tem um pênis desenhado no corpo. Queria algo que chocasse mesmo", comenta a dona de casa em entrevista ao jornal carioca O Dia.

Mãe de uma menina de 18 anos e de um jovem de 19, ela revela que apesar de parecer algo "bizarro" para uma moradora de cidade média – Rio das Ostras possui cerca de 145 mil habitantes –, recebeu apoio até dos vizinhos. "No início meus filhos duvidaram, acharam que eu não teria coragem. Agora eles acham legal. Eu não esperava essa repercussão toda, mas também estou achando ótima. Meus vizinhos falam que não teriam essa coragem que eu tive, que me admiram muito", diz Rosineira Gomes ao periódico.

Ao Dia, Maurício Miranda conta que em 10 anos de carreira nunca havia tatuado uma genitália realista para uma pessoa com idade mais avançada. Além disso, ele chegou a confundir o pedido de Neia, que entrou em contato com o estúdio de tatuagem por telefone. "Pensei que, como era uma senhora, ela quisesse tatuar um 'tênis'... um All Star [da Converse], um Kichute [da Alpargatas]. Quando a Neia veio ao estúdio, comecei a gaguejar. Faço tattoo íntima, mas desta vez fiquei sem graça. Perguntei três vezes se ela queria mesmo fazer essa tatuagem e ela respondeu: 'Claro. Eu adoro pênis, que mulher não gosta?'. Então fiz...", diz o tatuador, que recebeu mais de 300 comentários na publicação feita no Instagram, onde possui apenas 1,3 mil seguidores.

Os internautas fizeram questão de acessar o perfil de Maurício para confirmar o que vinha sendo noticiado em todo o país. " Tive que conferir, porque quando li, jurava que fosse [sic] fake news, risos", comenta o perfil @moniquepbs no Instagram. "Eu tive que vim [sic] ver se era real", diz a usuária @jessilafernanda. "Cada um tatua aquilo que lhe faz falta", brinca a internauta @edileide_paixao_sa. "Esse mundo tá [sic] muito doido mesmo", ironiza o usuário @andrevrcoelho na mesma rede social. "Coragem! Ela levou ao pé da letra... Tatuou o que gosta", diz @fafaralves.

Confira, abaixo, o detalhe da tatuagem polêmica:

(foto: Instagram/mauricio.miranda.5895/Reprodução)
(foto: Instagram/mauricio.miranda.5895/Reprodução)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade