Publicidade

Estado de Minas CIDADE

Hipercentro de BH deve passar a oferecer banheiros químicos permanentes

Proposta foi aprovada na Câmara Municipal e deve seguir para assinatura do prefeito em breve


postado em 03/04/2019 15:49 / atualizado em 04/04/2019 08:39

Banheiros químicos utilizados no Carnaval(foto: Wagner Liberato/Belotur-PBH)
Banheiros químicos utilizados no Carnaval (foto: Wagner Liberato/Belotur-PBH)
Presença obrigatória no carnaval de rua de Belo Horizonte e em outros eventos ao ar livre, os banheiros químicos podem ganhar espaço cativo no hipercentro da cidade. O projeto de lei, de autoria do vereador Catatau do Povo (PHS), foi aprovado em segundo turno na Câmara Municipal nessa terça-feira, dia 2 de abril. Depois de seguir para a elaboração e aprovação da redação final na Comissão de Legislação e Justiça, a proposta será enviada ao prefeito Alexandre Kalil (PHS), que vai decidir se a transformará em lei. A ideia é instalar duas unidades em cada quadra da região, sendo um para homens, outra para mulheres, a um raio de um quilômetro da Praça Sete, coração da capital mineira. De acordo com o projeto de lei, a manutenção, limpeza e a higienização dos equipamentos serão de responsabilidade da administração do município. Caberá aos agentes da Guarda Municipal garantir que os banheiros não sejam depredados ou mal utilizados. As laterais dos equipamentos serão reservadas à divulgação de campanhas institucionais e de interesse público. Na sessão que discutiu a proposta, o vereador Mateus Simões (Novo) ressaltou que a PBH deveria construir, na verdade, banheiros fixos. A ideia também foi defendida pelos colegas Bella Gonçalves (Psol) e Pedro Patrus (PT), que defenderam ainda a reforma dos banheiros públicos já existentes e a implantação de novas unidades móveis para beneficiar, sobretudo, os moradores em situação de rua. Mas, por enquanto, só poderemos contar com os banheiros químicos mesmo.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade