Publicidade

Estado de Minas CURIOSIDADE

Entenda por que o Dia da Consciência Negra não é feriado em BH

A data (20 de novembro) é feriado em centenas de cidades de seis estados


postado em 19/11/2019 14:25 / atualizado em 20/11/2019 14:01

Apesar de não ser feriado na cidade, BH terá a Semana da Consciência Negra, com mais de 100 atrações musicais, teatrais e cinematográficas. Entre elas, o músico e compositor Chico César(foto: José de Holanda/Divulgação)
Apesar de não ser feriado na cidade, BH terá a Semana da Consciência Negra, com mais de 100 atrações musicais, teatrais e cinematográficas. Entre elas, o músico e compositor Chico César (foto: José de Holanda/Divulgação)
20 de novembro de 1695. Foi nessa data que Zumbi dos Palmares, líder do quilombo de mesmo nome, foi emboscado e morto, traído por um dos seus companheiros. Apesar do desfecho trágico, o líder quilombola entrou para a história nacional como um símbolo da resistência negra contra a escravidão imposta nas fazendas, que só viria a ser abolida no dia 13 de maio de 1888, por um decreto da Princesa Isabel.

Por conta de sua história de vida, o dia da morte de Zumbi foi escolhido como marco para o Dia da Consciência Negra, conforme consta na Lei Federal 12.519, sancionada em 2011 pela então presidente Dilma Rousseff. A data é feriado estadual em Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Rio de Janeiro e Maranhão, além de ser feriado municipal em centenas de cidades brasileiras.

Infelizmente, quem mora em Belo Horizonte não tem folga nesse dia. Isto porque o artigo 2 da Lei Federal 9.093, sancionada em 1995 pelo presidente da época, Fernando Henrique Cardoso, define que cada cidade pode decretar até quatro feriados municipais. No caso da capital mineira, são eles: Sexta-Feira da Paixão, Corpus ChristiDia de Assunção de Nossa Senhora (15 de agosto) e Dia de Nossa Senhora da Conceição (8 de dezembro). Para que o Dia da Consciência Negra fosse transformado num feriado em BH, ele teria que ser considerado como um feriado estadual ou municipal.

Ferstival de Arte Negra 2019

Mas isso não quer dizer que a data será ignorada por aqui. O Festival da Arte Negra chega à sua décima edição em Belo Horizonte, com mais de 100 atrações gratuitas entre os dias 18 e 24 de novembro. Música, teatro, cinema, dança, exposições e outras atividades tomarão conta de mais de 20 espaços da cidade. Grandes nomes da cena artística brasileira e mineira, como o cantor e compositor Chico César, e os diretores do coletivo Filmes de Plástico ("Temporada" e "No coração do mundo") vão marcar presença no evento. 

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade