Publicidade

Estado de Minas CULTURA

No Dia do Rock, lembre os 80 anos de Elvis Presley

O principal ícone do rock 'n' roll americano ainda é cultuado por milhões de fãs ao redor do mundo


postado em 13/07/2015 09:18

Conhecido mundialmente como um dos ícones do século XX e pioneiro do movimento musical e cultural que ficou denominado como rock 'n' roll, Elvis Aaron Presley faria 80 anos em 2015. Nada melhor do que lembrar desse ícone do estilo musical que é celebrado no dia 13 de julho, Dia do Rock.

Presley nasceu em East Tupelo, no estado do Mississippi, nos Estados Unidos, em 1935. Ainda hoje, o músico chamado de "Rei do Rock" acumula fãs ao redor do mundo e é uma inspiração para vários artistas, com uma legião de pessoas que fazem covers em sua homenagem, devido à forma característica que o músico costumava se vestir e se apresentar. Do corte de cabelo com costeletas às botas, calças com boca de sino e jaquetas de couro com camisas de gola saltada, tudo em Elvis Presley foi considerado inovador quando o artista surgiu para o mundo, na década de 1950.

Confira abaixo o clipe da música Blue Suede Shoes, de 1956:



Sua consagração como ídolo da música se deu em 1956, quando ele chegou a fazer um show na cidade de Dallas para 27 mil pessoas; número incomum para a época. Também participou de filmes como Love Me Tender e Jailhouse Rock, nomes também de músicas de sua autoria, que foram sucesso de bilheteria. Na década de 1960, películas como Flaming Star e Wild In The Country também movimentaram Hollywood.

O fim

A morte do cantor é um mistério que gerou a famosa frase "Elvis não morreu", ressaltando as dúvidas e controvérsias que fãs e biógrafos carregam sobre o dia em que o fim de Presley foi anunciado. A imprensa da época demorou a transmitir a notícia, porque boatos anteriores deram a falsa informação de que Elvis teria morrido, em acidentes de carro ou até mesmo assassinato. No entanto, em 16 de agosto de 1977, o corpo dele foi encontrado no banheiro de sua mansão na cidade de Memphis, no estado norte-americano do Tennessee. A causa informada pelo médico, após tentativas de reanimação, foi ataque fulminante provocado por uma arritmia cardíaca.

(com Portal EBC)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade