Publicidade

Estado de Minas CELEBRIDADES

Hackers 'matam' a cantora americana Britney Spears

O Twitter oficial da Sony Music Global foi invadido e surgiu uma falsa mensagem da morte da diva pop


postado em 26/12/2016 16:11

Os fãs da cantora americana Britney Spears levaram um susto nesta segunda, dia 26 de dezembro de 2016. Isso porque surgiu uma falsa notícia de que a diva pop teria morrido devido a um acidente de carro. Essa informação foi publicada na conta oficial da gravadora Sony Music Global no Twitter. Porém, tudo não passava de uma "brincadeira" de mal gosto de um grupo de hackers.

"RIP @britneyspears. #RIPBritney 1981-2016. Britney Spears morreu num acidente. Em breve daremos maiores informações", diz a falsa publicação da Sony Music Global no Twitter. Segundo notícia publicada no site do jornal português Diário de Notícias, o grupo hacker Our Mine invadiu a conta da gravadora e do cantor Bob Dylan na rede social de 140 caracteres e aproveitou para espalhar a informação mentirosa da morte da intérprete de sucessos como Criminal, Oops!... I Did It Again e Baby One More Time.

Logo que a Sony percebeu que sua conta havia sido invadida, retirou do ar os tweets falsos e publicou uma nota de esclarecimento: "Vimos que um novo [endereço de] IP entrou na conta há alguns minutos e o tweet foi publicado a partir desse IP. Portanto, a Britney Spears ainda está viva". Além da gravadora, o agente da cantora pop, Larry Rudolph, também se pronunciou, dizendo à rede de televisão americana CNN que Britney Spears estava bem e que não havia sofrido nenhum acidente.

Não é a primeira vez que a Sony Music sofre com invasões hackers. Em 2014, um grupo acessou documentos da gravadora e divulgou informações sobre funcionários e contratos feitos com diversos artistas.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade