Publicidade

Estado de Minas CELEBRIDADES

Tim Roth revela que, na infância, foi abusado sexualmente pelo avô

O ator de Pulp Fiction e Cães de Aluguel disse ainda que seu pai também foi vítima


postado em 07/12/2016 10:39

Em entrevista para o jornal inglês The Guardian, na segunda, dia 5 de dezembro, o ator Tim Roth, que nasceu em Dulwich, na Inglaterra, revelou que ele e o pai, o jornalista Ernie Smith, foram abusados sexualmente pelo avô paterno quando eram crianças. "Meu pai, ele era um menino que foi abusado. Ele teve uma infância terrível, que o marcou seriamente", diz Roth à publicação. Esse trauma teria feito com que seu pai se desfiliasse do Partido Comunista Britânico na década de 1970.

O ator de 55 anos, famoso por participar de filmes clássicos do diretor Quentin Tarantino, como Cães de Aluguel (1992) e Pulp Fiction (1994), já havia dito, anteriormente, que sofrera abuso sexual na infância, mas nunca revelou quem fora o responsável pelos crimes. "Ele [seu pai] foi abusado. Eu fui abusado. Mas, eu não fui abusado por ele. Eu fui abusado por quem o abusava também. Era o pai dele [seu avô]. Ele era um estuprador fi*** da **ta. Mas, ninguém se manifestava. Ninguém sabia o que fazer", reclama Tim Roth ao jornalista do The Guardian.

O inglês revelou ainda que sua primeira obra como diretor, o longa-metragem Zona de Conflito, de 1999, foi diretamente influenciado por sua própria história de vida. No filme independente, uma jovem é vítima de constantes abusos sexuais do pai. Mas, neste caso, o irmão conseguiu ajudá-la a denunciar o crime, ao contrário do que se passou com Tim Roth e seu pai Ernie Smith.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade