Internet para com suposta notícia de que Zé do Caixão teria se convertido

Fotos do cineasta José Mojica numa igreja adventista levaram ao surgimento do boato de que teria virado evangélico

por Vinícius Andrade 31/01/2017 16:32

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Facebook/erzon.aduviri/Reprodução
Depois que o pastor Erzon Aduviri publicou imagens de José Mojica, o Zé do Caixão, numa igreja adventista, os internautas acharam que o "mestre do terror" teria se convertido (foto: Facebook/erzon.aduviri/Reprodução)
Circula na internet o boato de que o cineasta José Mojica Marins, famoso por ser o intérprete do Zé do Caixão, teria se convertido à religião evangélica. Os comentários surgiram a partir de uma foto divulgada por um pastor e que mostra o mestre do terror no cinema brasileiro participando de um culto numa igreja adventista da cidade de São Paulo.

"Neste domingo o Zé do Caixão, juntamente com a esposa, tomou a decisão pelo batismo na IASD [Igreja Adventista do Sétimo Dia] Central Paulistana, no apelo do pr. Luís Gonçalves – ainda não se batizou na Igreja Adventista. Louvado seja Deus!", diz o pastor Erzon Aduviri, responsável por publicar as imagens do cineasta no Facebook.

Segundo a filha e porta-voz de Zé do Caixão, Liz Vamp, o pai continua sem religião e teria ido ao culto apenas para acompanhar a atual esposa. "O meu pai não se converteu. Ele continua sendo o mesmo Mojica de sempre, e o personagem Zé do Caixão continua na ativa, não morreu. Quem esteve no culto foi o Mojica, acompanhando a mulher dele. Meu pai estava apenas visitando a igreja. Pode ser que ele vá outra vez, afinal de contas, eles estão juntos", informou a atriz em entrevista ao jornal Extra, do Rio de Janeiro.

A atual esposa de José Mojica, Nilce, de 70 anos, é mãe de dois dos sete filhos do ator e diretor. "Ela é que é convertida há mais de 20 anos. É evangélica e passou a frequentar essa igreja há menos de um ano, depois de se decepcionar com várias outras. É claro que o sonho dela é que meu pai se convertesse. Mas, ele, estava apenas a acompanhando, como marido", completa Liz Vamp ao periódico carioca.

Porém, apesar das explicações oficiais, o alvoroço gerado pelas fotos na internet se tornou ainda maior, porque um dos pastores comentou uma das imagens dizendo que "Zé do Caixão havia tomado a decisão de se batizar na igreja evangélica".

A filha do cineasta, que ficou famoso no Brasil e nos Estados Unidos (onde é chamado de Coffin Joe) por filmes como À Meia-Noite Levarei Sua Alma (1964) e O Estranho Mundo de Zé do Caixão (1968), também desmentiu essa informação e disse que, na verdade, quem será batizada é a mulher dele. Liz Vamp ainda afirma que o pai não gostou da repercussão das fotos.

"Meu pai achou um absurdo. Ele só esteve lá visitando. O Zé do Caixão, personagem, não acredita em nada, nem em Deus, nem no Diabo. Já o Mojica, é católico não praticante. Então, ele achou um absurdo essa divulgação da foto dele na igreja. Para ele, foi uma atitude precipitada, empolgada. Primeiro, que não era o Zé do Caixão, mas, sim, o Mojica acompanhando a pessoa", explica a atriz.

Últimas notícias

Comentários