Publicidade

Estado de Minas TELEVISãO

Renata Capucci fica emocionada ao falar da morte da menina de 2 anos, vítima de bala perdida

A repórter e apresentadora do RJTV, da Rede Globo, não conteve a emoção depois da matéria triste


postado em 24/01/2017 14:27

Parece que deixou de ser um "tabu" para os jornalistas de TV demonstrarem emoção durante o trabalho. Depois dos inúmeros exemplos de repórteres que chegaram a chorar, ao vivo, em novembro de 2016, ao noticiaram a tragédia com a equipe da Chapecoense, agora, é a vez da apresentadora Renata Capucci. Ela não conseguiu segurar a emoção durante o jornal RJTV, exibido pela Rede Globo, na tarde de segunda, dia 23 de janeiro.

"Dor, indignação, perplexidade", diz a jornalista ao chamar a matéria da repórter Lilia Teles com a mãe da menina Sofia, de 2 anos, que foi vítima de uma bala perdida enquanto brincava no parquinho de uma lanchonete no Rio de Janeiro. Logo após a exibição da triste reportagem, Renata Capucci estava visivelmente comovida com a dor da mãe que tinha acabado de enterrar a filha. "Gente, desculpe, é muito difícil falar depois disso", explica a experiente apresentadora.

O vídeo com a reação emocionada da jornalista logo ganhou a internet e recebeu diversas mensagens de apoio dos internautas. "Renata, sua linda, não tem do que se desculpar", comenta o usuário Luiz dos Santos, no YouTube. "Você não precisa se desculpar por ser humana. Choramos junto com você, Renata", diz Dayana Oliveira. "Você não tem do que se desculpar, cara Renata Capucci. Quem deve um pedido de desculpas 'monstruoso' para nossa sociedade sofrida é esse governo omisso que temos, e as autoridades incompetentes que nos regem. O seu choro, é o mesmo choro de todos os brasileiros que sentem na pele a dor dessa tragédia. Infelizmente, é mais um anjo que entrará para as estatísticas da violência que parece não ter mais fim", desabafa a internauta Renata Hollanda.

Depois da repercussão causada por sua emoção no jornal diário RJTV, a apresentadora Renata Capucci usou sua conta no Twitter para fazer um "esclarecimento". "23 anos de carreira, 21 de Globo, não nos preparam para ouvir o depoimento cheio de dor de uma mãe que perdeu a filhinha querida. Chorei porque sofro junto com esta mãe. Me coloco no lugar dela e consigo sentir o tamanho dessa tristeza, desse vazio", diz a jornalista.

Assista, abaixo, ao momento em que Renata se emociona ao vivo na Globo:

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade