Publicidade

Estado de Minas CELEBRIDADES

Angelina Jolie e Brad Pitt fizeram tatuagens em conjunto antes do divórcio

Os atores estiveram no estúdio de Ajan Noo Kanpai em fevereiro de 2016


postado em 13/03/2017 15:50 / atualizado em 13/03/2017 16:57

Nem todos os fãs sabem, mas o ex-casal nº 1 de Hollywood, Angelina Jolie e Brad Pitt, fizeram tatuagens conjuntas pouco tempo antes de se divorciarem em 2016. Eles estavam na Tailândia, em fevereiro do ano passado, quando aproveitaram para fazer a pintura corporal no estúdio de Ajan Noo Kanpai, que é famoso por utilizar uma técnica antiga, que proporciona resultado melhor que a tradicional máquina dos tatuadores.

Na época, Angelina Jolie aproveitou uma folga nas filmagens de First They Killed My Father, no qual trabalha como diretora, e que ainda não foi lançado no Brasil, para ir com o então marido ao renomado estúdio tailandês de tattoo – ela já havia tatuado com Ajan em 2003 e em 2004. A mãe de Knox Léon, Vivienne Marcheline, Shiloh Nouvel, Maddox Chivan, Pax Thien e Zahara Marley preencheu a parte de cima das costas com três tatuagens ligadas ao budismo. Brad Pitt, por sua vez, preferiu algo menor, e tatuou uma frase e um símbolo budista do lado esquerdo do abdômen.

A sessão de tattoo que eles enfrentaram na Tailândia é mais dolorosa que a normal, já que Ajan usa uma ferramenta rudimentar, uma espécie de vara com uma agulha na ponta, ao invés de pistola elétrica. Para "reforçar o vínculo" entre o casal, Jolie e Pitt usaram a mesma tinta na produção das pinturas corporais. Apesar disso, em setembro de 2016 eles acabaram chocando o mundo com a notícia do divórcio.

As tatuagens de Ajan Noo Kanpai custam milhares de dólares e já foram feitas por muitas celebridades, como as atrizes Cara Delevingne (Esquadrão Suicida) e Michelle Rodriguez (Lost e Resident Evil).

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade