Atriz Bianca Bin causa polêmica com ritual que envolve a menstruação

A artista da Globo convidou suas seguidoras no Instagram a participarem do ritual intitulado 'plantar a Lua'

por Encontro Digital 16/01/2018 09:14

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Marília Cabral/TV Globo/Divulgação
A atriz Bianca Bin, da Globo, chamou a atenção na internet depois que convidou suas fãs no Instagram para realizarem um ritual que envolve o sangue da menstruação (foto: Marília Cabral/TV Globo/Divulgação)
No dia 3 de janeiro, a atriz Bianca Bin, que interpreta a personagem Clara na novela O Outro Lado do Paraíso, da Rede Globo, casou polêmica na internet ao publicar um stories no Instagram convidando suas fãs para realizarem o ritual intitulado "plantar a Lua". Ele consiste na coleta do sangue da menstruação e a deposição do material na terra – num jardim ou mesmo um vaso. "Plantar a lua é devolver o sangue para a terra. Uso o coletor menstrual e coloco o sangue nas plantas, diluído em água. É uma forma de fechar o ciclo. Isso mudou minha relação com meu corpo e meu entendimento como mulher. O Universo é uma grande potência feminina e é com essa força que busco me conectar, sempre", diz Bianca na gravação que ficou disponível por 24 horas na rede social de imagens.

O ritual mencionado pela artista, segundo o site Danza Medicina, especializado em espiritualidade feminina, seria uma forma simbólica e mística de a mulher reforçar o laço com a "mãe Terra". "Recorde-se que este sangue purifica o seu organismo, as suas emoções, sua mente, seu espírito; recorde-se que ela leva junto dele tudo aquilo que você precisa e desejar curar. Recorde-se mulher, que a Terra pode a tudo transmutar, inclusive sua vida", diz a terapeuta corporal e escritora Morena Cardoso, criadora do Dia Mundial do Plante sua Lua, em texto publicado no site Danza Medicina.

Para a realização do ato simbólico, conforme a terapeuta, a mulher deve coletar o sangue menstrual com um objeto próprio ou um "bioabsorvente". Em seguida, o sangue deve ser depositado na terra, de preferência num jardim ou, para quem mora em apartamento, num vaso. "Você pode também escolher alguma planta específica que tenha um significado especial para você. Muitas mulheres plantam sua Lua em roseiras, sálvia ou artemísia, por exemplo, que são plantas de forte representação do feminino. Você nem imagina o bem que seu sangue irá fazer às suas plantas; este é sem dúvida o melhor biofertilizante que poderia existir", comenta Morena.

Depois que a atriz Bianca Bin revelou ser uma das adeptas do ritual "plantar a Lua", o perfil do Danza Medicina no Instagram fez questão de comentar a atitude da intérprete de Clara. "Gratidão à @biancafbin pela coragem em se expressar sobre esse tesouro que é nosso útero alquímico e a força ancestral de nosso feminino. Estamos falando aqui de voltar os nossos olhos àquilo que nos pertence, honrando a si, como deve ser. Chegou o momento de nos empoderarmos como mulheres, não em uma batalha contra algo fora de nós, mas como um mergulho profundo dentro", diz o post publicado no dia 3 de janeiro.

Últimas notícias

Comentários