Pabllo Vittar foi reprovado no programa Ídolos, da Record?

Vídeo com suposta aparição do cantor no reality show musical está fazendo sucesso no Facebook. Mas, será que é verídico?

por João Paulo Martins 10/01/2018 08:50

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Facebook/narradordefulerage/Reprodução
Muitos internautas acreditaram que o vídeo publicado no Facebook seria mesmo a primeira aparição do cantor Pabllo Vittar na televisão, no caso, no reality show musical Ídolos, da Record (foto: Facebook/narradordefulerage/Reprodução)
No final de dezembro passado, começou a circular no Facebook um vídeo de 2012 com a suposta apresentação do cantor Pabllo Vittar no programa Ídolos, reality show musical que era exibido pela Rede Record. Uma versão foi publicada na página intitulada Tiozão Fuleiro, que conta com mais de 366 mil curtidas. "Quem perdoa é Deus! A internet, não. Kkk... Se não assistir até o final, vai perder o melhor!", diz o texto que acompanha o vídeo, que já está com incríveis 7,7 milhões de visualizações na rede social criada por Mark Zuckerberg.

Confira, abaixo, à suposta apresentação de Pabllo Vittar, "antes da fama", no programa Ídolos:

Muitos usuários do Facebook chegaram a comentar a publicação. "Depois disso, Pabllo Vitar virou travesti e ganhou da Globosta [sic] o prêmio de melhor cantor do ano", critica o perfil intitulado Valmir de Urântia. "Tem [sic] muitos gays que são ícone da música, como George Michael, Elton John, Freddie Mercury e Pabllo Vittar. Ele não canta bem e, pra chegar perto dessa galera, vai ter que melhorar a voz, e muito. Não é porque ele é gay, é porque canta muito mal", comenta Edmar Feitosa. "Nessa época aí, o Supla, a Fafá de Belém e o Marco [Camargo] alopraram demais o maluco [sic] e ninguém falou que era homofobia. Todo mundo concordou que o bicho [sic] era ruim mesmo", diz Daniel Castilho. "Esse é o Brasil. Onde um imbecil [sic] que não sabe nem falar, muito menos cantar, nos é empurrado guela abaixo por uma mídia medíocre [sic]. A tranqueira [sic] continua não cantando nada, é vulgar e inútil. Usa a homossexualidade e o preconceito para se promover [...]", reclama o perfil Vivi Festas, também na rede social.

Porém, como esclereceu o site e-Farsas, especializado em desmentir boatos da internet, o vídeo polêmico é verdadeiro, mas não se trata do cantor Pabllo Vittar – nome artístico de Phabullo Rodrigues da Silva, que morava em Uberlândia (MG) nessa época. Quem se apresentou no famigerado episódio do Ídolos foi o jovem Thyago Delfino, que é natural de Maceió (AL). Ele é que sofreu as duras críticas dos jurados, os cantores Supla e Fafá de Belém e o produtor musical Marco Camargo.

A primeira vez de Pabllo Vittar na televisão, segundo o e-Farsas, se deu em 2014, numa aparição rápida no programa Carona, da TV Integração, retransmissora da TV Globo em Uberlândia. Ele cantou I Have Nothing, da Whitney Houston, e foi avaliado pelo cantor sertanejo Daniel.

Aqui está a primeira vez que o intérprete de K.O. e Todo Dia canta na televisão:

Últimas notícias

Comentários