Botecar gera expectativa de aumento de público nos bares participantes

Festival de bares e botecos de raiz será realizado em Belo Horizonte em abril

por Da redação com assessorias 26/03/2018 12:55

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Google Street View/Reprodução
Os participantes da 5ª edição do festival Botecar, como o Boteco da Carne, que fica no Lourdes, região centro-sul de BH, estão animados com a expectativa de aumento de público (foto: Google Street View/Reprodução)
E aí, você está preparado para conferir os tira-gostos e a cerveja gelada de um dos 38 bares participantes da 5ª edição do festival Botecar? Segundo os próprios proprietários dos estabelecimentos, a expectativa pelo evento é alta, já que ele provoca um aumento de 40% no movimento de clientes. "Há um grande giro de pessoas durante o festival. A grande maioria dos bares relata aumento em até 40% do movimento normal. Alguns chegam até mais", comenta Antônio Lúcio Martins, coordenador do Botecar.

É o caso do Bazin Bar, localizado no bairro Dona Clara, região norte de Belo Horizonte. A proprietária, Betânia França, relata um aumento em 60% na frequência dos clientes. O estabelecimento participa do Botecar desde a primeira edição. "Economicamente, é um evento muito bom. Além disso, muita gente que não conhecia o bar antes, passa a ser cliente", comenta Betânia. Para a edição desde ano, o Bazin traz o prato intitulado "Realeza" (cambito de porquinho, canjica de milho branca cremosa sobre regu de linguiça caseira com Maria-Gondó e farofa cítrica com triturado de torresmo) para conquistar os clientes.

Essa é a mesma estimativa de Leonardo Matos, proprietário do Boteco da Carne, localizado no Lourdes, região centro-sul da capital. Ele ressalta a importância do festival para aumentar a frequência nos bares, atraindo novos clientes: "Tenho uma frase que sempre gosto de dizer: 'cozinhar por prazer é ótimo, para vender é melhor ainda'". Este ano, ele criou um tira-gosto especial, chamado "Salto Real", que leva costelinha apertada, chutney de banana da terra, farofa de alho e ora-pro-nóbis.

Até mesmo participantes novatos já celebram o aumento na movimentação de clientes. Ricardo dos Santos, dono do Bar dos Meninos, no Salgado Filho, região oeste de BH, comenta que já notou um aumento da clientela antes mesmo do período oficial do Botecar. O bar foi um dos cinco selecionados no Botecar de Verão, realizado em dezembro de 2017. "Tenho recebido pessoas de outras regiões aqui no meu bar. O que não acontecia antes", comemora. Para o festival, o Bar dos Meninos criou o prato "Estrada de Minas" (torresmo de barriga assado na brasa com carne de sol acompanhado de mandioca cozida, queijo do serro e molho de alho com limão siciliano).

Botecar

O festival deste ano traz como tema a Estrada Real e será realizado entre os dias 11 e 30 de abril. O estabelecimento que obtiver a maior nota dos clientes – que avaliam os tira-gostos e a cerveja gelada, por exemplo – será eleito campeão da 5ª edição. Os preços dos pratos, baseados nas guloseimas típicas do "caminho do ouro" de Minas Gerais, que podem servir de duas a quatro pessoas, variam entre R$ 26,90 a R$ 36,90.

Este ano, foram classificados na seletiva Botecar de Verão, realizada em dezembro de 2017, cinco bares para estrear no festival: Bar dos Meninos, Bar Du João, Boi Lourdes, Cantim e o Incrível Bar e Restaurante.

Últimas notícias

Comentários