Conheça os pets de BH que fazem sucesso no Instagram

A rotina deles é acompanhada por uma verdadeira legião de fãs na rede social

por Daniela Costa 28/03/2017 13:42

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Marco Túlio Pinto/Divulgação
O golden retriever Yamandu Savassi e sua dona, Ana Slika: "Ele é a estrela, sou apenas a coadjuvante" (foto: Marco Túlio Pinto/Divulgação)
Sete anos de idade, 28 quilos, 56 centímetros de altura e uma pelagem dourada que arrasa corações. Por onde passa, o golden retriever Yamandu Savassi se torna a atração principal. O nome, ele ganhou em homenagem ao violonista e compositor gaúcho Yamandu Costa. Já o sobrenome faz menção ao bairro da capital mineira onde mora e costuma circular esbanjando charme ao lado da dona, a fotógrafa Ana Slika. Claro que com tantas qualidades não foi difícil conquistar a fama. Uma foto dele no chuveiro, outra correndo com um galho na boca na areia da praia e até mesmo tirando aquele cochilo. Tudo é publicado em seu perfil no Instagram, rendendo uma média de 1 mil curtidas em cada post. Ao todo já são 1.966 publicações e 17,5 mil seguidores. "Eu criei a conta do Yamandu (@yamandu_savassi) porque a minha estava virando a dele. Fiquei sem espaço", diz Ana, que já se conformou. "Ele é a estrela, sou apenas a coadjuvante."

Mas é a dedicação de Ana que mantém Yamandu sob os holofotes. Avesso a roupas, ele aceita posar para as fotos com acessórios como óculos e máscaras. E faz pose mesmo. "Ele se ajeita, olha para a câmera. Tem certeza de que é gente", brinca a dona. Até nas fotos mais naturais, o assédio é garantido. Tanto que recebe vários convites para eventos. Já levou alianças para noivos no altar, deu o ar da graça em festas de aniversários, posou para campanhas publicitárias e até foi presença VIP em eventos beneficentes. Todo o cachê que recebe, geralmente brinquedos e ração, é doado para ONGs de proteção animal e outras instituições. "No ano passado a Universal lançou o filme Pets - A Vida Secreta dos Bichos e participamos da divulgação. Pedi vários ingressos, que foram doados a uma instituição infantil", conta Ana.

Victor Schwaner/Encontro
Jéssica Aquino, dona do cão Polvilho, da raça samoieda: "Os adultos se divertem e as crianças adoram" (foto: Victor Schwaner/Encontro)
E não é só o Yamandu que ganhou status de celebridade nas redes sociais. Alguns cães chegam a ter mais de 200 mil seguidores. É o caso de Jimmy Choo (@rafaelmantesso), bull terrier de 8 anos do publicitário e ilustrador mineiro Rafael Mantesso. Em 2013, quando se separou da mulher, ficou com o apartamento vazio e o parceiro de quatro patas ao lado. Com espaço de sobra e muita criatividade, Rafael começou a fazer fotos do cão em situações inusitadas, o que o transformou em um fenômeno internacional no Instagram. A parceria rendeu livro, várias entrevistas na TV e contrato com a famosa grife de sapatos que originou o nome do bichinho.

Cláudio Cunha/Encontro
A advogada Juliana Camargos Araújo investe em produções com seu shih-tzu Bóris: "Ele é muito dócil, mas sempre respeito os seus limites" (foto: Cláudio Cunha/Encontro)
Existem até pets que ditam moda. "Fashionistas", eles servem de modelo para a divulgação de roupas e acessórios de grifes famosas. É o caso da Choupette (@choupettesdiary), a gatinha birmanesa do estilista Karl Lagerfeld, que tem 94 mil seguidores. Mas não é preciso ser de raça para brilhar. Os vira-latas também ostentam fã-clubes. O perfil do Ninão no Instagram (@paidoninao), protagonista de várias fotos e vídeos engraçados junto com o curitibano Rodrigo Coelho, tem 5,5 mil seguidores e continua divertindo os visitantes mesmo após sua morte, no fim do ano passado. Para a designer de ambiente Jéssica Aquino, o segredo do sucesso dos pets nas redes sociais é a alegria que transmitem. "Os adultos se divertem e as crianças adoram", diz. O difícil é manter postagens regulares, pois requer tempo." Ela é dona do samoieda Polvilho (@polvilho.cao), com 2,5 mil seguidores. Se tirar foto já é difícil, imagine com o bichinho "montado". A advogada Juliana Camargos Araújo faz questão de colocar perucas, máscaras e roupinhas em seu shih-tzu Bóris (@boristheshihtzudog), de 8 anos. "Ele é muito dócil, mas sempre respeito os limites dele", afirma. A superprodução surte resultado: em menos de dois anos o pet já conquistou 1,7 mil seguidores.

Últimas notícias

Comentários