Publicidade

Estado de Minas ESTéTICA | PREENCHIMENTO

Saiba qual é a mais nova técnica de rejuvenescimento facial

MD Codes foi criada por um brasileiro e está entre os procedimentos mais utilizados no mundo


postado em 13/12/2017 16:27

A empresária Flávia Menicucci, de 38 anos, dona do salão de beleza Jacques Janine em BH, faz questão de se cuidar:
A empresária Flávia Menicucci, de 38 anos, dona do salão de beleza Jacques Janine em BH, faz questão de se cuidar: "Por isso aderi ao MD Codes e adorei os resultados" (foto: Ronaldo Dolabella/Encontro)
O envelhecimento é um processo natural, ao mesmo tempo que também é uma das maiores causas de rugas de preocupação. Apesar de cada idade ter a sua beleza, muitas vezes é necessário contar com a ajuda de técnicas específicas para dar aquele upgrade no visual, especialmente quando se trata do nosso principal cartão de visitas: o rosto. Se não bastassem fatores comuns como variação hormonal, alimentação, estresse e exposição solar, o aumento da idade se encarrega de modificar o aspecto tridimensional da face, alterando sua altura, profundidade e largura. O resultado é a perda de hidratação, volume e elasticidade da derme. "Por volta dos 50 anos perde-se o recheio da região média da face, composto por gordura e tecido", explica o médico Leonardo Bueno Neves, da 2ALL Dermatologia. "Com isso, os tecidos faciais acabam perdendo sua sustentação." A falta de colágeno e elastina é responsável pela flacidez, que prejudica o contorno linear do rosto. E a ausência de gordura resulta em áreas encovadas na bochecha, têmporas e região dos olhos.

Mas acalme-se. Com os avanços nos tratamentos estéticos, tudo pode ser melhorado. A reformulação volumétrica do rosto, por exemplo, pode ser feita por meio do Medical Codes ou MD Codes, técnica desenvolvida pelo cirurgião plástico brasileiro Maurício de Maio. O preenchimento, feito com ácido hialurônico, é um dos métodos mais utilizados no mundo para reduzir a perda de volume e promover a melhora do contorno facial de forma natural, sem aquela expressão de cara congelada ou feições desproporcionais. Por meio dele é possível utilizar a menor quantidade de produto, com maior durabilidade, chegando a até dois anos. "Como o envelhecimento é um processo dinâmico, os pontos de aplicação podem variar de acordo com as necessidades de cada um, geralmente a partir dos 30 anos", explica a cirurgiã plástica Cíntia Mundin. A codificação de pontos de sustentação, de acordo com as proporções faciais dos pacientes, potencializa os resultados. Leva-se em consideração que cada rosto tem formato distinto, flacidez em pontos diferentes, perda de volume de gordura em áreas específicas e menor ou maior estrutura óssea. "O mapeamento do rosto em 90 pontos é usado tanto para reconstruir o que foi perdido com o tempo quanto para reforçar uma área", diz a dermatologista Ligia Piccinini Colucci. São diversos os pontos no rosto indicados para a aplicação, desde a testa até a região mandibular. As mais comuns são a área malar (maçã do rosto) e a região do mento (parte inferior dos lábios e face). O dermatologista Lucas Miranda conta que pergunta aos pacientes o que eles mais gostariam de mudar e o que mais os incomoda na face. "É necessário fazer um mapeamento, que permite a aplicação controlada em pontos específicos, possibilitando o rejuvenescimento e a preservação da naturalidade do rosto", explica o médico.

O dermatologista Lucas Miranda explica que os pontos da face são representados por letras e números, garantindo maior precisão à técnica.
O dermatologista Lucas Miranda explica que os pontos da face são representados por letras e números, garantindo maior precisão à técnica. "As letras correspondem a área anatômica e os números indicam a microrregião exata daquela região anatômica" (foto: Gláucia Rodrigues/Encontro)
Além de melhorar visivelmente a aparência, a técnica é usada para retardar o envelhecimento. Para a empresária Flávia Menicucci, de 38 anos, beleza é fundamental. Dona do salão de beleza Jacques Janine em BH, ela faz questão de se cuidar. "Por isso aderi ao MD Codes e adorei os resultados. Para mim, que sou bem detalhista, fez toda a diferença", diz. "Eu vivo o mundo da beleza 24 horas por dia e procuro sempre estar bem."

As aplicações são feitas no consultório médico, com liberação imediata. O número de seringas utilizadas - cada uma contém 1 ml de produto - varia segundo a idade, região a ser tratada e hábitos individuais. Na capital mineira, o custo médio de cada seringa é de 1,5 mil reais. "São utilizados ácidos hialurônicos de densidades diferentes, de acordo com o local destinado", explica o dermatologista Rodrigo Maia, da Clínica da Pele. Em muitos casos, o método substitui até procedimentos cirúrgicos, aumentando queixos, corrigindo narizes tortos e redesenhando bochechas, entre outras indicações. "É possível que a face seja rejuvenescida globalmente, de forma instantânea e simultânea, sem necessidade de procedimentos invasivos", diz o dermatologista Bruno Vargas. Aos 68 anos de idade, a advogada Maria Célia de Castro Bahia também recorre aos tratamentos estéticos para conservar a beleza e jovialidade. "Além do rejuvenescimento facial, observei o efeito lifting, que traz uma aparência leve e descansada", diz.

A cirurgiã plástica Cíntia Mundin explica que com o MD Codes é possível fazer os pontos de aplicação de acordo com as necessidades de cada paciente.
A cirurgiã plástica Cíntia Mundin explica que com o MD Codes é possível fazer os pontos de aplicação de acordo com as necessidades de cada paciente. "Independe de idade, mas ocorre geralmente a partir dos 30 anos" (foto: Divulgação)
Mas todo cuidado é pouco. A técnica só deve ser realizada por profissionais especializados, após detalhada avaliação. A banalização do procedimento oferece graves riscos aos pacientes, entre eles a colonização bacteriana nas regiões aplicadas. Apesar de ser um procedimento seguro, é preciso ter capacitação para tratar possíveis complicações. "O tratamento é contraindicado para gestantes, lactantes, pessoas alérgicas ou que estejam com algum tipo de infecção ou em tratamento odontológico", diz a dermatologista Luisa Bahia, da clínica Aprimori.

Principais áreas tratadas

Olheiras
Restaura o volume perdido da região, formando uma linha contínua no contorno da face, preenchendo o espaço e reduzindo a coloração arroxeada

Nasogeniano
Preenchimento do sulco nasogeniano, popularmente conhecido como bigode chinês, que forma marcas de expressão presentes entre o nariz e a boca. É a primeira gordura da face que evidencia a perda de volume, própria da velhice

Lábios
Auxilia na definição e dá volume aos lábios, recuperando o aspecto jovem da região

Rugas periorais
São as rugas localizadas ao redor da boca, dando aquele aspecto de face envelhecida. Ao serem preenchidas, é necessário reconstruir o suporte de lábio simultaneamente

Nariz
Corrige ponta caída, dorso irregular e nariz em sela (ponta baixa). Também é indicado para correção de rinoplastia

Glabela
Atenua rugas do espaço compreendido entre as sobrancelhas, região com maior risco para preenchimentos, por conta de sua alta vascularização

Malar
Osso que forma as ‘maçãs’ do rosto. O MD Codes promove preenchimento e sustentação da região para evitar a aparência de face caída.

Fontes: especialistas consultados

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade