Publicidade

Estado de Minas ESPECIAL NOVO CORONAVÍRUS

Com recorde de mortes pela Covid-19, como fica o pico da doença em MG?

Estado, que havia programado o pico de infecção pelo novo coronavírus para 15 de julho, registrou 152 óbitos nas últimas 24 horas


postado em 05/08/2020 15:57 / atualizado em 05/08/2020 16:11

O número de mortes por Covid-19 vem aumentando em Minas Gerais desde meados do mês de julho(foto: Gil Leonardi/Agência Minas/Divulgação)
O número de mortes por Covid-19 vem aumentando em Minas Gerais desde meados do mês de julho (foto: Gil Leonardi/Agência Minas/Divulgação)
Quando o governo do Estado anunciou, no dia 15 de julho, que Minas Gerais havia atingido o pico da doença, muitos respiraram aliviados - com o devido distanciamento social, claro. A partir daquela data era esperado que atingiríamos o chamado platô. O número de casos e mortes se manteria estável, até começar cair. Não é o que vêm mostrando os dados divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MG). O número de mortes vem aumentando desde meados do mês passado. Hoje, atingimos 152 óbitos - 587 na última semana.

De acordo com a SES, o número elevado de mortes pode ser explicado pela mudança na forma de recebimento dos dados. Nesta semana, Minas passou a utilizar o Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe), que é o método federal de notificações. Assim, o período desde a morte do paciente até a contabilização pela secretaria diminuiu de uma média de 10 para três dias.

Mas os casos confirmados também vêm crescendo. No dia 15 de julho, foram anunciados os casos confirmados da semana anterior: quase 18 mil. Na semana seguinte, houve realmente uma queda (15.731 infectados). Contudo, desde então, os números cresceram. Tanto na semana do dia 29 de julho quanto do dia 5 de agosto, essa marca ultrapassou os 20 mil contaminados.

Confira a evolução das mortes e casos de Covid-19 por semana em Minas Gerais

Evolução das mortes

  • 1º de julho a 08 de julho - 348

  • 08 de julho a 15 de julho - 397

  • 15 de julho a 22 de julho - 414

  • 22 de julho a 29 de julho - 442

  • 29 de julho a 05 de agosto - 587

Evolução dos casos

  • 1º de julho a 08 de julho - 16.451

  • 08 de julho a 15 de julho - 17.975

  • 15 de julho a 22 de julho - 15.731

  • 22 de julho a 29 de julho - 20.653

  • 29 de julho a 05 de agosto - 20.267

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade