Imagine se tivéssemos mais de 100 planetas no Sistema Solar

Cientistas querem mudar a classificação de muitos corpos celestes que estão em nossa 'vizinhança'

por Encontro Digital 29/05/2017 10:57

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
(foto: Pixabay)
Na escola, normalmente, aprendemos que o Sistema Solar era composto por nove planetas – Mercúrio, Vênus, Terra, Marte, Júpiter, Saturno, Urano, Netuno e Plutão. Porém, para surpresa de todos, essa lista foi alterada em 2006, quando Plutão deixou de ter o título de planeta e entrou para a classe dos "anões".

Hoje, nossos Sistema Solar tem, oficialmente, oito "planetas verdadeiros", mas, um grupo de cientistas acredita que Plutão deve voltar a ser considerado um deles, bem como outros 100 objetos espaciais que fazem parte de nossa "vizinhança".

O pesquisador Kirby Runyon, da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, liderou uma equipe de seis especialistas, de diferentes instituições científicas, no preparo de uma corrente de pensamento própria para a classificação dos planetas. A nova teoria foi apresentada na Conferência de Ciência Planetária e Lunar (LPSC, na sigla em inglês), realizada em março deste ano no estado do Texas (EUA).

No estudo, os analistas argumentam que os fatores que definem um corpo estelar como planeta devem levar em consideração somente o próprio objeto, e não a sua localização. Desta forma, as luas de Júpiter, ou a nossa própria Lua, também deveriam ser consideradas planetas.

Vale lembrar que esses satélites naturais são maiores que Plutão, e, mesmo assim, nem ele pdoeria ser classificado como anão.

Caso essa nova vertente de pensamento seja aprovada, o número de planetas em nosso Sistema Solar pode chegar a cerca de 110.

(com Agência Sputnik)

Últimas notícias

Comentários