Ritual satânico no mais importante laboratório europeu?

Vídeo polêmico gravado no CERN gerou discussão na internet

por João Paulo Martins 19/08/2016 18:32

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/Reprodução
Um vídeo mostrando um suposto ritual satânico na sede da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN), na Suíça, está causando muita discussão na internet (foto: YouTube/Reprodução)
Com certeza você já ouviu falar no Grande Colisor de Hádrons, que fica na Suíça. Mas, o que acha de um ritual satânico sendo realizado no laboratório em que está situada essa importante ferramenta científica? Pois é, um vídeo vem gerando discussão na internet ao mostrar um suposto ritual sendo realizado na sede da Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear (CERN, na sigla em francês).

Assista, abaixo, ao estranho vídeo gravado na Suíça:


Publicada no dia 11 de agosto, a gravação da suposta cena bizarra está chocando os internautas, por se tratar de uma mistura de religião com ciência. O vídeo, que parece ter sido feito por alguém que espreitava por uma janela, mostra pessoas vestidas com capas pretas numa espécie de ritual dedicado à deusa hindu Shiva – é possível ver uma grande estátua dessa divindidade nas imagens.

Em certo momento, um dos participantes retira a capa e vemos que se trata de uma mulher. Ela, então, deita no chão e, pouco antes de ser realizado o suposto sacrifício humano, a gravação é bruscamente interrompida pela "testemunha".

"Em primeiro lugar, por que eles têm uma estátua de Shiva num lugar que deveria ser dedicado à ciência?", questiona o usuário Colonel Burton no YouTube. Quem também estranha a cena é a internauta Joan C.: "Isso foi assutador! Mas, uma pergunta que se faz é por que essa pessoa estava filmando um jardim vazio, no começo? Parece que ele estava esperando por alguma coisa planejada acontecer. Então, não acredito que seja real".

Apesar de parecer algo tirado de uma teoria da conspiração muito bizarra, a própria CERN precisou publicar em seu site uma explicação para o vídeo polêmico: "Pessoas que estão autorizadas a acessar a CERN, às vezes, deixam que o senso de humor ultrapasse os limites, e achamos que é o que aconteceu neste caso. A CERN não compactua com esse tipo de brincadeira, que quebra todas as regras profissionais do laboratório. O caso já está sendo investigado internamente".

O laboratório europeu já foi vítima de outros boatos, anteriormente, como, por exemplo, quando estavam realizando uma colisão de átomos em busca da partícula chamada boson de Higgs ("partícula de Deus"), e muitos acreditaram que poderiam criar um "buraco negro" sem querer.

(com The Huffington Post)

Últimas notícias

Comentários