Publicidade

Estado de Minas CURIOSIDADE

Agora, seu pet também pode apreciar um bom 'vinho'

Claro que a bebida para cães e gatos não é a mesma dos humanos


postado em 28/10/2016 13:13 / atualizado em 28/10/2016 13:41

É sabido que o mercado destinado aos animais de estimação está em alta. Hoje, além de rações, roupas e acessórios, existem inúmeros produtos que simulam os consumidos pelos humanos, como chocolates e biscoitos próprios para animais. Porém, a indústria pet foi ainda mais longe: existem vinhos exclusivos para cães e gatos.

A ideia de criar uma réplica da bebida sofisticada foi da empresa Apollo Peak, situada em Denver, no Colorado, Estados Unidos. Os nomes dos vinhos são curiosos e brincam com os similares existentes no "mercado humano": Pinot Meow, Moscato, Zinfantail e Chardognay. Como se vê, os rótulos brincam com palavras ligadas aos animais, como o miado do gato (meow, em inglês) e os nomes dos bichinhos, também na língua inglesa: cat (gato) e dog (cachorro).

Claro que os vinhos destinados aos cães e gatos não possuem álcool e uva, que são venenosos para os pets. A bebida canina é feita à base de hortelã-pimenta ou camomila, e a felina é composta pela famosa erva-dos-gatos (Nepeta cataria). A coloração também é obtida de forma natural. A empresa usa beterraba vermelha para que os rótulos se transformem em "tintos" e o legume amarelo para os "brancos".

O vinho
O vinho "branco" dos gatos é feito à base de erva-dos-gatos e a cor é obtida com beterraba amarela (foto: Instagram/apollopeak/Reprodução)

As bebidas estão disponíveis em garrafas de 240 ml e 50 ml. Os preços variam de US$ 5 (cerca de R$ 16) a US$ 15 (cerca de R$ 48). Por enquanto, não existe informação oficial sobre a venda dos vinhos da Apollo Peak no Brasil. Vale dizer que a empresa recomenda que os donos dos pets procurem um veterinário antes de dar a bebida aos animais.
Já o vinho
Já o vinho "tinto" dos cães é feito com hortelã-pimenta ou camomila e a cor é obtida usando beterraba (foto: Instagram/apollopeak/Reprodução)


(com The Huffington Post)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade