Esqueça Charles Miller: futebol já era praticado no país antes de 1894

O paulista ficou conhecido como 'pai do futebol' no Brasil, mas a história mostra que, na verdade, esporte já era praticado por aqui

por Vinícius Andrade 17/11/2016 15:10

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Siaapm.cultura.mg.gov.br/Reprodução
O jornal Gazeta de Ouro Fino de agosto de 1892 traz um anúncio da escola Mendonça, de Pouso Alegre, sul de Minas, com a prática de "foot-ball" como diferencial para os alunos (foto: Siaapm.cultura.mg.gov.br/Reprodução)

saiba mais

Como se sabe, a origem do futebol no Brasil está ligada ao paulistano Charles William Miller, descendente de ingleses, que depois de estudar por 10 anos na Inglaterra e conhecer o "foot-ball", voltou ao país em 1894 trazendo algumas bolas e o desejo de disseminar o esporte pelas terras tupiniquins. Porém, um anúncio do Colégio Mendonça, em Pouso Alegre, no sul de Minas, publicado no jornal mineiro Gazeta de Ouro Fino, em agosto de 1892, já apresentava o "foot-ball", escrito em inglês e separado por um hífen, como uma das atividades oferecidas pela escola para os alunos.

Charles Miller se consolidou como o "pai do futebol" no Brasil, mas o registro encontrado no acervo digital do Arquivo Público Mineiro levanta uma dúvida sobre o nascimento do esporte no país. De acordo com o pesquisador Elcio Cornelsen, coordenador do Núcleo de Estudos sobre Futebol, Linguagem e Artes (Fulia) da UFMG, existem outros relatos pelo país sobre a prática do futebol antes da chegada de Miller.

"Conta-se que os marinheiros ingleses praticavam o esporte antes de 1894, mas não existem registros oficiais", acrescenta o pesquisador. Segundo ele, é difícil precisar o marco do nascimento da modalidade no Brasil, porque sempre surgem novos relatos em escolas antigas. Não se sabe detalhes sobre como era praticado o "foot-ball" no Colégio Mendonça, mas Elcio acredita que era diferente do jogo original dos ingleses.

Os relatos sobre a prática do futebol no Brasil antes de 1894 instigam a curiosidade sobre os primórdios da modalidade no país, mas não diminuem a importância de Charles Miller para a disseminação do esporte por aqui. Antes da chegada dele, a prática era voltada para a recreação, mas depois que o descendente de ingleses voltou à terra natal, introduziu o significado de competição.

"Miller chega ao Brasil e organiza o futebol, traz materiais esportivos e participa da redação das primeiras regras. Ele introduziu a ideia do futebol além de um simples lazer", destaca o pesquisador.

O primeiro registro oficial de uma partida de futebol no Brasil se deu em abril de 1895, em São Paulo, entre a Companhia de Gás de São Paulo e a Companhia Ferroviária de São Paulo, equipe de Charles Miller, que acabou vencendo por 4 a 2.
Domínio Público
O paulista Charles William Miller, considerado o "pai do futebol" no Brasil, apesar de não ter trazido o esporte para o país, foi responsável pela profissionalização da prática (foto: Domínio Público)

Popularização

Atualmente, o futebol é o esporte mais popular do Brasil, mas quando chegou ao país, ele era praticado pela elite, principalmente pelos imigrantes europeus. Na Inglaterra, no entanto, o esporte já nasceu popular, de acordo com Elcio Cornelsen.

O primeiro passo para a popularização do futebol se deu em 1919, quando o Brasil sediou o primeiro torneio sul-americano. A Seleção Brasileira venceu o Uruguai por 1 a 0, no Estádio das Laranjeiras, no Rio de Janeiro, com gol de Arthur Friendenreich, que era mulato, filho de pai alemão e mãe brasileira. Segundo o pesquisador da UFMG, este foi o maior jogador brasileiro antes da era Pelé.

"A popularização do futebol no Brasil está ligada ao rompimento com as barreiras étnicas. A partir do momento em que os clubes passaram a integrar jogadores que não eram da elite, o esporte começou a se popularizar", comenta o coordenador do Fulia. O futebol se profissionalizou no país em 1933. Antes disso, os jogadores eram trabalhadores da alta classe.

O ano de 1938 foi o marco para a disseminação do esporte no país, com a conquista do 3º lugar da Copa do Mundo da França pela Seleção Brasileira. A equipe era formada por vários jogadores negros, entre eles o atacante Leônidas da Silva, carinhosamente conhecido como Diamante Negro. "A partir desse ano, o futebol se tornou uma realidade, um instrumento para a construção da identidade do povo brasileiro", reforça Elcio.

Primeira clube popular

O Club de Regatas Vasco da Gama foi fundado em 1898, mas somente em 1915 foi criado seu departamento de futebol. Em 1922, a equipe chegou à Primeira Divisão do Campeonato Carioca e, já no ano seguinte, conquistou o estadual com jogadores negros, mulatos e pobres, uma novidade para a época. As principais equipes, como Flamengo, Fluminense e Botafogo, não aceitavam a miscigenação da equipe cruz-maltina e isolaram-na numa liga à parte. Isso fez do Vasco a primeira equipe popular do país, de acordo com o professor da UFMG.

Últimas notícias

Comentários