Publicidade

Estado de Minas INTERNET

Existe, no Líbano, uma árvore que lembra o corpo de Jesus Cristo crucificado?

Imagem da suposta árvore milagrosa circulou no Facebook em dezembro de 2016


postado em 24/01/2017 12:00 / atualizado em 24/01/2017 12:10

Quando se trata de imagens polêmicas ou curiosas, as redes sociais são verdadeiros celeiros delas. No final do ano passado, circulou no Facebook a fotografia de uma árvore que tinha a forma do corpo de Jesus Cristo crucificado. Segundo as informações que acompanhavam a imagem, esse suposto milagre teria ocorrido numa cidade do Líbano.

Sem explicação, o cedro supostamente cresceu e adquiriu o formato de Cristo crucificado, que pode ser contemplado no alto, junto aos seus galhos. Mas, ao contrário do que ocorre com o efeito chamado de pareidolia, quando o cérebro busca entendimento em imagens aleatórias, o vegetal realmente possui a estrutura similar à do corpo do Filho de Deus. Essa publicação curiosa foi feita no Facebook, originalmente, numa conta da Tailândia intitulada Sima Win, e logo se espalhou e viralizou entre os usuários da rede social criada por Mark Zuckerberg.

O problema é que muitos internautas questionaram a possibilidade de, naturalmente, surgir um cedro no Líbano com o tronco formando o corpo de Jesus. De acordo com o site brasileiro e-Farsas, que é dedicado a solucionar os boatos e mentiras que existem na internet, a fotografia do suposto "milagre" da natureza já circula nas redes sociais desde 2007. Porém, ao contrário do que muitos pensam, a árvore é real e pode ser encontrada no Líbano – já virou até ponto turístico na região.

A grande questão apresentada pelo e-Farsas é que, ao invés de ser um "milagre de Deus", o cedro ganhou o formato de Jesus crucificado graças ao trabalho do artista plástico libanês Rudy Rahme. Além de criar esculturas, ele também é pintor e escritor. Existem diversas obras de Rahme espalhadas pelo Líbano, incluindo outras intervenções nos famosos cedros, árvore símbolo do país árabe – consta até na bandeira nacional.

Aqui está uma outra escultura feita pelo artista libanês:

(foto: Facebook/rudirahme/Reprodução)
(foto: Facebook/rudirahme/Reprodução)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade