Publicidade

Estado de Minas FUTEBOL

Palmeiras, Fluminense, Santos, Flamengo e Grêmio não têm Mundial de Clubes, diz a Fifa

O órgão máximo do futebol só aceita o título mundial a partir dos anos 2000


postado em 27/01/2017 18:35

Uma declaração recente do presidente da Federação Internacional das Associações de Futebol (Fifa), Gianni Infantino, está causando polêmica entre os torcedores brasileiros. Isso porque o executivo informou ao jornal O Estado de São Paulo que a Fifa só reconhece como título do Mundial de Clubes o do ano 2000, disputado no Brasil e vencido pelo Corinthians, e os que foram jogados a partir de 2005. Portanto, os campeonatos de 1950, do Palmeiras; de 1952, do Fluminense; de 1962 e 1963, do Santos; de 1981, do Flamengo; de 1983, do Grêmio; e de 1992 e 1993, do São Paulo; não podem ser considerados como Mundiais de Clubes.

Ou seja, além do Corinthians, apenas o São Paulo, em 2005, e o Internacional, em 2006, que venceram o Liverpool e o Barcelona, respectivamente, nos torneios disputados no Japão, são os clubes brasileiros detentores de títulos do Mundial de Clubes da Fifa.

Segundo o comunicado enviado ao jornal Estadão, os torneios vencidos pelos demais clubes são reconhecidos como internacionais, mas não como um mundial entre clubes. Além disso, a Fifa classifica o Palmeiras como a primeira equipe a conquistar um torneio de dimensão mundial. O problema é que todas as disputas realizadas antes dos anos 2000 não são tratadas como oficiais pela entidade máxima do futebol no mundo.

"A Fifa reconhece e valoriza as iniciativas de estabelecer competições de clubes de dimensões mundiais ao longo da história. Esse foi o caso de torneios envolvendo clubes europeus e sul-americanos, como a pioneira Copa Rio, jogada em 1951 e 1952, e a Copa Intercontinental", comenta a Fifa no texto enviado ao periódico paulista. "Entretanto, não foi até 2000 que a Fifa organizou o estreante Mundial de Clubes da Fifa, com representantes de todas as seis confederações. Os vencedores dessa competição, que passou a ser organizada anualmente a partir de 2005, são aqueles considerados oficialmente pela Fifa como campeões mundiais de clubes", completa a entidade.

A "desculpa" de Gianni Infantino para esse posicionamento, que é contrário ao que havia sido demonstrado por Joseph Blatter, então presidente da Fifa, em 2014, se deve ao fato de os torneios anteriores a 2000 e 2005 não terem sido disputados entre as seis confederações de futebol espalhadas pelo mundo.

Agora, Palmeiras, Fluminense, Santos, Flamengo e Grêmio se juntam a Atlético-MG e Cruzeiro, como grandes clubes brasileiros que não possuem um título do Mundial de Clubes da Fifa.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade