Konjac: planta asiática que ajuda no emagrecimento

Seja em pó ou em forma de macarrão, essa planta é capaz de fornecer a sensação de saciedade

por Vinícius Andrade 07/02/2017 14:26

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Alibaba.com/Reprodução
Típica do sudeste da Ásia, o konjac é uma planta que possui glucomanan, fibra solúvel que promove a sensação de saciedade e, com isso, ajuda no emagrecimento (foto: Alibaba.com/Reprodução)
Na luta contra a balança, algumas pessoas recorrem a ingredientes e receitas diferentes para tentar vencer a "batalha" contra os quilinhos extras. A "queridinha" da vez é uma planta medicinal originária do sudeste asiático, especialmente no Japão e na Indonésia, chamada konjac (Amorphophallus konjac), que supostamente pode ser usada por quem deseja emagrecer, já que proporciona a sensação de saciedade.

Segundo a nutricionista Vanderli Marchiori, o konjac possui em sua composição glucomanan, uma fibra solúvel capaz de absorver em até 100 vezes seu volume em água. Ela forma uma espécie de massa gelatinosa, que preenche o estômago e faz com que a pessoa se sinta saciada, sem ter comido muito.

"A alga Amorphophallus konjac, quando consumida na forma de pó [cápsulas], ou já semi preparada como macarrão ou gelatinas, dá uma super sensação de saciedade, e, por isso, auxilia no processo de emagrecimento", diz a nutricionista.

Como utilizar

Geralmente, o konjac é encontrado em farmácias naturais ou de manipulação em forma de cápsulas. Como mostra Vanderli, neste caso, o ideal é consumir uma cápsula com um copo de água, 30 minutos antes do almoço ou do jantar.

O produto também pode ser encontrado em forma de macarrão. Nesta situação, a nutricionista indica o consumo como parte de uma refeição, acrescido de molho, alguma proteína e vegetais. Existe, ainda, no mercado, o konjac vendido como se fosse uma geleia. "Neste caso, é só mastigar bem para ter a saciedade, após um tempo de consumo", recomenda a nutricionista.

Efeitos colaterais

O consumo do konjac pode provocar diarreia, já que ele também atua como laxante e evita crises de prisão de ventre. Ele é contraindicado para diabéticos, pois pode agravar a hipoglicemia.

Propriedades

Além de ser rico em fibras, o konjac possui, também, aminoácidos diversos, sendo uma boa complementação nutricional para vegetarianos e veganos, de acordo com Vanderli Marchiori.

Últimas notícias

Comentários