McDonald's vai trocar o uniforme de seus 50 mil funcionários

Esqueça as blusas cinzas com listas finas. Agora, a rede de lanchonetes vai usar bem mais cores

por Da redação com assessorias 09/02/2017 10:35

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
YouTube/Talento Video Comunicação/Reprodução e McDonalds/Divulgação
Em 2017, os uniformes dos mais de 50 mil funcionários da rede de lanchonetes McDonald's serão trocados (foto: YouTube/Talento Video Comunicação/Reprodução e McDonalds/Divulgação)
Em breve, quando você visitar uma loja da rede de lanchonetes fast-food McDonald's, vai perceber uma diferença no atendimento. Isso porque a franquia americana de alimentação vai mudar o uniforme de seus mais de 50 mil funcionários. Os novos modelos, que podem ser escolhidos pelos trabalhadores, trazem looks mais esportivos com listras maiores e muitas cores.

"A rede está numa constante transição e procura valorizar cada vez mais a personalidade de cada atendente e deixá-lo mais próximo dos consumidores. Queremos que os novos modelos sejam a cara de quem trabalha conosco e também surpreendam nosso público. Justamente por isso, deixaremos a escolha na mão da equipe. A implementação das novas peças acontecerá ao longo do ano", explica Paulo Camargo, presidente da Arcos Dorados no Brasil, franquia que opera a marca McDonald's na América Latina.

O conjunto de cores, conforto e qualidade foram os principais requisitos para a estilista Patricia Saada desenhar os primeiros modelos. "Quando recebi o convite para assinar a criação dos uniformes, foi uma das maiores satisfações que eu poderia ter, porque eu consegui unir duas paixões: o mundo da moda e o McDonald's", conta a jovem, que é filha de um franqueado da rede de lanchonetes.

"O processo de criação também envolveu um comitê com diversas áreas da companhia para termos propostas mais eficientes. Além disso, oferecemos a oportunidade para todos elegerem o modelo preferido, o que reflete a melhor forma que eles querem ser representados. Isso demonstra muito a nova maneira de liderar da empresa: apoiar as decisões levando as opiniões das pessoas sempre em consideração como forma de reconhecimento a elas", acrescenta Paulo Camargo.

Com a missão de conectar os conhecimentos da operação de um restaurante à moda, a estilista selecionou duas opções para os atendentes: um modelo que faz referência aos chefs de cozinha e outro mais despojado, desenhado para traduzir a alegria dos funcionários, por meio de cores vivas. Além disso, terão modelos para os anfitriões e gerentes, entre outros.

Últimas notícias

Comentários