Câncer pode ter origem em erro na duplicação do DNA

Isso é o que diz um estudo feito nos Estados Unidos

por Encontro Digital 25/05/2017 09:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
O estudo americano descobriu que grande parte dos cânceres seriam fruto de erros que aparecem durante a duplicação da molécula de DNA (foto: Pixabay)
Pesquisadores da Universidade John Hopkins, nos Estados Unidos, publicaram um estudo que aponta os erros de duplicação do DNA como a causa de dois terços dos cânceres. Isso significa que a chance de uma pessoa desenvolver uma mutação maligna deriva muito mais "do azar" do que de causas externas ou genéticas. A pesquisa foi feita com base em análise de um modelo matemático que relaciona o sequenciamento do DNA a dados epidemiológicos de todo o mundo.

O professor Oswaldo Keith Okamoto, do Instituto de Biociências da USP, explica que erros durante o processo de duplicação do DNA são bastante comuns e, em geral, não costumam causar danos ao organismo. O que surpreende, segundo o especialista, é a proporção de mutações cancerígenas que é atribuída aos erros de divisão celular.

Entretanto, Okamoto alerta que dois terços podem ser um número superestimado. "É possível que haja fatores ambientais, ainda desconhecidos, que contribuam para a ocorrência dessas mutações somáticas. Outro ponto é que a eficiência de reparo do DNA, assim como uma predisposição a esses danos, pode também ser geneticamente determinado", esclarece o professor. Ainda assim, ele destaca a importância de pesquisas desse tipo, que trabalham com sequenciamento genético, para a ciência e para os estudos de causa de câncer.

É importante ressaltar, que, apesar do resultado do estudo, as pessoas não devem se descuidar das causas externas que levam ao surgimento do câncer. Justamente por não se conhecer, com exatidão, a influência dos fatores ambientais e genéticos nas mutações celulares, os cuidados com elementos de riscos devem continuar. É conhecido que práticas como tabagismo, exposição à radiação, entre outros fatores, são causas de muitos dos cânceres conhecidos.

(com Rádio USP)

Últimas notícias

Comentários