Publicidade

Estado de Minas SAúDE

Consumir ômega-3 também ajuda a prevenir problemas no coração

A ingestão regular dos ácidos graxos EPA e DHA reduz a chance de se ter aterosclerose


postado em 17/08/2017 13:52

Que o consumo de ômega-3 é um aliado da saúde, isso ninguém duvida. Mas, agora, essa substância, muito comum em peixes, como salmão e sardinha, também está sendo associada a benefícios para o coração. Segundo a nova Diretriz Brasileira de Dislipidemias e Prevenção da Aterosclerose, publicada em agosto deste ano pela Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), o consumo diário de ômega-3 de qualidade é um fator importante que ajuda na prevenção da aterosclerose – que é o acúmulo de placas de gordura nas paredes das artérias, causando obstrução do fluxo sanguíneo.

As placas criadas pela aterosclerose podem se romper e provocar oclusão aguda da artéria por meio de coágulos. Em geral, a doença não apresenta sintomas até a ruptura das placas ou quando o acúmulo é grave o suficiente para obstruir o fluxo sanguíneo. Um Acidente Vascular Cerebral (AVC) pode ser o primeiro sintoma de aterosclerose carotídea. Para diagnosticá-la, é necessário consultar um cardiologista.

De acordo com a SBC, os ácidos graxos poli-insaturados do ômega-3 exercem função cardioprotetora por meio da diminuição da lipogênese hepática, contribuindo de forma significativa para a redução dos triglicerídeos. "O ômega-3 é considerado como adjuvante no tratamento da hipertrigliceridemia (nível elevado de triglicérides no sangue). A ingestão de EPA e DHA, de dois a quatro gramas por dia, pode reduzir a concentração dos triglicérides no sangue em até 30%", diz a diretriz publicada pela instituição médica.

Já para as pessoas levemente hiperlipidêmicas ou limítrofes, doses de 1,5 gr por dia auxiliam na redução de 2 a 51% nos níveis de triglicérides, esclarece a médica Maria Inês Harris, consultora científica da Biobalance. "A suplementação de ômega-3, por meio da diminuição da lipogênese hepática, contribui de forma significativa com a redução dos triglicerídeos", comenta a especialista.

A ingestão diária de ômega-3 traz diversos benefícios ao organismo, ajudando o coração e o cérebro, reduzindo o nível de triglicérides, combatendo o estresse oxidativo e a aterosclerose, além de possuir ação anti-inflamatória, antidepressiva e atenuar os sintomas da síndrome do olho seco e prevenir as crises de psoríase.

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade