Ucuúba: planta amazônica é a novidade dos cosméticos

A manteiga de ucuúba ajuda a tratar a pele e os cabelos ressecados, por exemplo

por Vinícius Andrade 17/08/2017 09:52

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Smithsonian Tropical Research Institute/Reprodução e W.A. Djatmiko/Wikimedia/Reprodução
A manteiga extraída do fruto da ucuúba (detalhe) possui inúmeras propriedades medicinais, segundo a Associação Paulista de Naturologia (foto: Smithsonian Tropical Research Institute/Reprodução e W.A. Djatmiko/Wikimedia/Reprodução)
Um ingrediente natural e sustentável vem despontando no mercado e promete ser um verdadeiro aliado da beleza. Trata-se da manteiga de ucuúba, extraída de uma planta natural da Amazônia (Virola surinamensis), que produz frutos avermelhados. As sementes, quando estão maduras, são processadas e resultam num produto que serve para produção de velas e na formulação de cosméticos, como cremes corporais e sabonetes.

Segundo a Associação Paulista de Naturologia (Apanat), a manteiga de ucuúba possui propriedades similares às das manteigas de cacau e de karité. Ainda conforme a Apanat, a Virola surinamensis tem alto poder cicatrizante, além de propriedades antissépticas, hidratante e revitalizante, devido ao poder renovador celular de suas substâncias fitoativas.

Por isso, a ucuúba é indicada no tratamento de peles sensíveis, que necessitam de rápida cicatrização, como a derme oleosa, ou para cuidar de rachaduras nos pés, em especial nas áreas ressecadas dos calcanhares. O cosmético à base da planta amazônica ainda é utilizado no tratamento de cabelos ressecados, quebradiços e enfraquecidos.

Medicina tradicional

Líderes espirituais e curandeiros de povos indígenas que vivem na Venezuela usam a fumaça da casca interna do tronco da ucuúba para tratar diversas enfermidades, com a febre. Eles acreditam que o método expulsa os maus espíritos – que seriam responsáveis pelas doenças.

Últimas notícias

Comentários