Serra da Piedade vai ganhar um trem de passageiros

Turistas e peregrinos poderão chegar ao santuário de Nossa Senhora da Piedade por meio do trem sobre pneus

por Encontro Digital 29/09/2017 16:55

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Mitra Arquidiocesana/Agência Minas/Divulgação
Ao contrário de um trem de passageiros tradicional, o que levará peregrinos e turistas ao alto da Serra da Piedade vai se mover sobre pneus, e não, sobre trilhos (foto: Mitra Arquidiocesana/Agência Minas/Divulgação)
O turismo histórico e religioso na Serra da Piedade, que fica na cidade de Caeté, na região metropolitana de Belo Horizonte, acaba de ganhar um incentivo. O governo de Minas Gerais, por meio da secretaria de estado de Turismo e em parceria com a Arquidiocese de Belo Horizonte, vai lançar um trem de passageiros que levará peregrinos e turistas até o santuário de Nossa Senhora da Piedade, lugar que abriga a padroeira de Minas Gerais e que recebe, em média, 500 mil visitantes por ano.

Dois termos de cooperação foram assinados com a Arquidiocese de Belo Horizonte, guardiã do santuário, para aquisição de uma locomotiva e cinco vagões e para a construção de uma estação de embarque e desembarque de passageiros. O governo de Minas já repassou R$ 240 mil à entidade católica para a efetivação da primeira etapa do projeto, com a aquisição de um cavalo mecânico, pneus novos, contrapeso e cinco vagões para o transporte de peregrinos e visitantes.

"Nosso objetivo maior é consagrar o Caminho Relogioso da Estrada Real [Crer] como destino turístico religioso de destaque mundial. Por meio da nova possibilidade de locomoção para nossos visitantes, temos mais um benefício a nosso favor", diz Ricardo Faria, secretário estadual de Turismo.

O projeto estabelece que não será um trem sobre trilhos, mas com pneus. Será um veículo adaptado como locomotiva, que poderá transportar até 100 passageiros por viagem, distribuídos em cinco vagões. O motor da locomotiva tem potência de 310 cv e o cavalo mecânico conta com caixa de transmissão automática.

Esse trem de passageiros irá percorrer 2,5 km, usando a via de asfalto entre a praça Antônio da Silva Bracarena, no estacionamento, e a praça Dom Cabral, no alto da Serra da Piedade, onde está o santuário. Com a novidade, os veículos de passeio deixarão de subir ao alto da montanha, o que garantirá a exclusividade dos espaços para os visitantes.

O projeto de construção da estação de embarque de passageiros está em fase final de elaboração e adequações ambientais.

O santuário

O santuário de Nossa Senhora da Piedade está localizado a 48 km de Belo Horizonte e a 16 km da sede do município de Caeté. Em seis anos, o número de visitantes passou de 30 mil para 500 mil pessoas por ano.

Cenário de riquíssima beleza natural, a 1.746 m de altitude, em 2017 o santuário da padroeira de Minas Gerais completa 250 anos.

Com acesso asfaltado e toda estrutura revitalizada para acolher bem os visitantes, o conjunto cultural conta, além dos atrativos religiosos, com restaurante, lanchonete, biblioteca, estacionamento e um observatório astronômico (administrado pela UFMG).

A Casa dos Peregrinos Dom Silvério é um ambiente especial para a hospedagem dos peregrinos e também para momentos de oração, meditação e realização de seminários.

Além de toda estrutura física e religiosa, o Santuário Nossa Senhora da Piedade é o ponto de partida do Caminho Religioso da Estrada Real (Crer), percurso turístico que liga a Serra da Piedade ao santuário da Padroeira do Brasil, em Aparecida (SP).

(com Agência Minas)

Últimas notícias

Comentários