Publicidade

Estado de Minas CURIOSIDADE

Conheça a Pigcasso, porca 'pintora' sulafricana

O animal foi resgatado de uma fazenda e está fazendo sucesso com suas obras


postado em 21/02/2018 10:40 / atualizado em 21/02/2018 13:34

Em maio de 2016, a ONG Farm Sanctuary SA (Fazenda Santuário), da África do Sul, resgatou uma porca que estava na fila do abatedouro. O animal, que pesa cerca de 204 kg, vem ganhando fama mundial, não por ter sido salvo da morte, mas porque se mostrou um verdadeiro "artista". Chamada de Pigcasso (mistura de 'pig', porco em inglês, com o pintor espanhol Picasso), a leitoa sulafricana cria obras no estilo expressionismo abstrato, com muita cor.

Segundo Joanne Lefson, diretora da ONG, a porca "adora" retratar as paisagens sulafricanas. Curiosamente, ela é a primeira "artista" não humana a ter uma exposição permanente e exclusiva de suas obras. Os interessados na arte da Pigcasso podem visitar o museu Oink (construído dentro de um contâiner), que está localizado no centro comercial Clock Tower, na Cidade do Cabo.

Até agora, a "artista animal" já rendeu mais de R$ 11 mil para a instituição protetora dos animais, com a venda de seus quadros. As obras já foram adquiridas por colecionadores dos Estados Unidos, Alemanha e do País de Gales. Neste caso, um casal galês pagou nada menos que R$ 6,7 mil por uma pintura acrílica sobre tela.

Com o sucesso que vem gerando na internet, a Pigcasso, que está com quase dois anos de idade, além de dar visibilidade para o trabalho da ONG Farm Sanctuary SA, está ajudando a angariar dinheiro para que outros animais sejam resgatados de fazendas de abate.

Assista, abaixo, a um vídeo, em inglês, da porca pintando:

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade