Homens também estão aderindo à blefaroplastia

Essa cirurgia plástica ajuda a reduzir a aparência de olhos cansados

por Da redação com assessorias 11/04/2018 13:35

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
Para acabar com a aparência de olho cansado, muitos homens estão aderindo à blefaroplastia, cirurgia plástica realizada nas pálpebras (foto: Pixabay)
Com o passar dos anos, os sinais da idade ficam cada vez mais aparentes. Nos olhos, isso também é perceptível. Um exemplo são as chatas "bolsas" que se formam, dando impressão de cansaço. Uma solução para deixar o olhar mais jovial é a cirurgia de blefaroplastia, para elevação das pálpebras. O procedimento, até então muito comum nas mulheres, também vem ganhando espaço entre o público masculino.

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o número de homens que buscam procedimentos estéticos passou de 72 mil, em 2012, para 276 mil em 2017. Os brasileiros representam cerca de 30% dos pacientes que realizam plásticas no país. Entre os que possuem de 30 a 50 anos, as cirurgias mais proxuradas são a lipoaspiração, o transplante capilar, a blefaroplastia e a cirurgia de face.

"A blefaroplastia, ou cirurgia de pálpebras, é um dos procedimentos mais populares entre o público masculino, pois faz uma grande diferença na aparência e mantém o aspecto natural do rosto", comenta a oftalmologista Tatiana Nahas, da Santa Casa de São Paulo.

Atualmente, os homens estão mais vaidosos e dispostos a cuidar da aparência, tanto para se sentirem mais atraentes, como para manter um visual saudável e jovial. "Os homens passaram a ver a blefaroplastia sem preconceitos, entendendo que levantar as pálpebras ou eliminar as bolsas ao redor dos olhos pode fazer uma enorme diferença na aparência. Além disso, o procedimento visa um resultado natural, o que é uma das maiores preocupações entre eles", diz a médica.

A blefaroplastia está se tornando um dos procedimentos cirúrgicos mais realizados por oftalmologistas especializados em cirurgia periocular (região dos olhos). A cirurgia é indolor e costuma exigir apenas anestesia local. Em geral, a internação é de menos de 12 horas. É preciso ficar de repouso por cerca de dois dias. Na primeira semana, é recomendado que o paciente "desacelere" um pouco, fazendo repouso relativo.

A especialista lembra que a blefaroplastia pode ser feita em ambos os olhos, removendo o excesso de pele nas pálpebras superiores e as bolsas de gordura nas pálpebras inferiores. Na parte inferior, a técnica mais utilizada é a transconjuntival, que não deixa cicatrizes visíveis e não agride a pele, uma vez que o corte é feito por dentro da pálpebra. "Para conseguir o resultado mais natural possível, o paciente deve procurar um médico especialista no procedimento", alerta Tatiana.

Últimas notícias

Comentários