Confira dicas para evitar acidentes com choque elétrico em casa

Uso de 'Ts' e extensões é um dos fatores de risco, alerta a Cemig

por Encontro Digital 09/05/2018 09:25

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Pixabay
(foto: Pixabay)
Os choques elétricos podem acontecer em diversas situações dentro de casa, além de ter consequências graves e até matar. Para alertar a população sobre esses riscos, a Cemig destaca alguns procedimentos simples que podem evitar problemas.

Segundo o engenheiro Demetrio Aguiar, da Cemig, a utilização de "Ts" ou "benjamins" e extensões – equipamentos que podem triplicar a corrente de energia se ligados em uma única tomada – são totalmente desaconselháveis e perigosos. "Os 'Ts' ou 'benjamins' são muito utilizados, mas eles podem causar acidentes graves e até mesmo incêndios. Algumas pessoas usam vários equipamentos em uma mesma tomada, o que pode gerar aquecimento e até mesmo derretimento do objeto. E cada vez que esses objetos são sobrecarregados, as chances de acidentes aumentam ainda mais", comenta o especialista.

A utilização de equipamentos elétricos e eletrônicos no banheiro também requer bastante cautela. "A água é uma grande condutora de energia elétrica. Dessa forma, após sair do chuveiro, as pessoas devem evitar utilizar o uso de secadores, barbeadores elétricos e chapinhas. Esses equipamentos só devem ser utilizados quando a pessoa estiver totalmente seca", destaca o engenheiro.

Outra medida que pode ajudar bastante em casa é usar protetor de tomada, principalmente em famílias com crianças e animais. Esses dispositivos são encontrados facilmente em lojas especializadas a preços acessíveis. Além disso, Demetrio Aguiar afirma que, em relação à fiação da casa, é essencial mantê-la sempre encapada – caso o isolamento original esteja danificado, e ideal recompor com fita isolante para evitar o risco de choque e até mesmo a possibilidade de incêndio.

O especialista da Cemig também faz recomendações em relação aos dispositivos móveis. Ele destaca que o carregamento de tais aparelhos deve ser feito sobre uma superfície lisa e bem ventilada, livre de materiais combustíveis como tecidos de toalhas de mesa, colchas de camas, forros de sofás, dentre outros. "Em caso de princípio de incêndio, tais materiais queimarão com facilidade e propagarão as chamas a outros cômodos da casa ou do apartamento", alerta.

Em caso de necessidade de vários equipamentos em uma mesma tomada, o ideal é a utilização de um filtro de linha que, em caso de sobrecarga de energia, irá se desligar automaticamente. Mas, vale destacar que os filtros de linha podem ser utilizados desde que seu dispositivo interno de proteção esteja operante e não tenha sofrido alterações.

Vale salientar também que, ao mexer na chave seletora do chuveiro elétrico, é preciso verificar se o piso não está molhado e usar um calçado seco com solado de borracha.

(com Agência Minas)

Últimas notícias

Comentários