Gato inglês de 30 anos pode ser o mais velho do mundo

O bichano acaba de celebrar seu aniversário e foi adotado quanto a sua dona tinha 20 anos

por João Paulo Martins 07/06/2018 13:45

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Heavitree City Vet/SWNS.com/Reprodução
O gato Rubble está junto de sua tutora Michele Foster há incríveis 30 anos. Eles vivem na cidade de Exeter, na Inglaterra (foto: Heavitree City Vet/SWNS.com/Reprodução)
Conhece o gato chamado Rubble? Ele vive na cidade de Exeter, na Inglaterra, e está ganhando a mídia em todo o mundo ao ser considerado "o gato mais velho do mundo". Ele acaba de celebrar seu aniversário de 30 anos em maio de 2018. Rubble e sua tutora, Michele Foster, são os melhores amigos desde que ela o adotou ainda filhote em maio de 1988.

De acordo com matéria publicada no site americano BoredPanda, Michele acredita que o segredo para a longevidade de Rubble é o fato de que ela o mima como se fosse uma criança – ela nunca teve filhos, então, o felino recebe toda a atenção e cuidado. "Ele é um gato adorável, embora tenha ficado mais irritado na velhice. Ele ainda tem bastante vida, mas não acho que vamos alcançar o recorde mundial do Guinness, pois não tenho certeza se ele gostaria que muitas pessoas viessem vê-lo ou um rebuliço sendo feito em torno dele. Ele está velho e não gostaria de muita atenção ou ser incomodado. Nós preferimos que passe a velhice em paz", comenta a inglesa.
Heavitree City Vet/SWNS.com/Reprodução
O simpático Rubble foi adotado quanto ainda era um filhotinho e, para muitos internautas, pode ser considerado o gato mais velho do mundo (foto: Heavitree City Vet/SWNS.com/Reprodução)

Vale dizer que o gato mais velho do mundo, conforme registro do livro de recordes Guinness World Records, foi Creme Puff, que nasceu em 3 de agosto de 1967 e viveu até 6 de agosto de 2005. Foram incríveis 38 anos e três dias. Rubble ainda percorrer um bom caminho antes de quebrar esse registro. Ainda assim, Michele Foster está muito orgulhosa. Ela lembra de quando tinha 20 anos e os dois se conheceram. "Ele fazia parte de uma ninhada de gatos que a amiga da minha irmã tinha. Eu tinha acabado de sair de casa, estava vivendo sozinha. Então, o peguei para ser meu gatinho. Ele é muito leal. Nós morávamos em Londres e nos mudamos muito", conta a tutora ao BoredPanda.

Devido à idade avançada, como seria de esperar, Rubble sofre de pressão alta – para se ter uma ideia, um gato de 18 anos equivaleria a um ser humano de 88. Ele precisa tomar remédio regularmente.

Apesar de ser uma história incrível, na realidade, os felinso domésticos não alcançam essa longevidade. Os gatos podem viver, em média, no máximo até os 20 anos, segundo uma pesquisa realizada com 120 mil animais pelo hospital veterinário Sena Madureira, de São Paulo (SP).

Últimas notícias

Comentários