Felipe Neto diz que vai processar quem vazou seu nude

Youtuber teve uma gravação íntima compartilhada na quarta, dia 25 de julho

por João Paulo Martins 26/07/2018 11:27

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Twitter/Reprodução
O vídeo íntimo do Felipe Neto pode ter sido vazado pela controversa socialite brasileira Day McCarthy (foto: Twitter/Reprodução)
Na quarta, dia 25 de julho, a internet parou com o vazamento de um vídeo íntimo do youtuber Felipe Neto, de 30 anos. Apesar de não saber a origem do compartilhamento da gravação, o influenciador digital, que tem mais de 23 milhões de seguidores no YouTube, publicou uma resposta em vídeo, no mesmo dia, comentando o assunto e afirmando que vai processar o responsável pelo ato. Curiosamente, no mesmo dia, no Stories do Instagram, a controversa socialite brasileira Day McCarthy (Dayane Alcantara Couto de Andrade), de 28 anos, ao ser avisada por um seguidor sobre a atitude de Felipe Neto, publicou a seguinte mensagem: "Vazei mesmo e não tenho medo de processo. Me processa, fofo [sic] @felipeneto".

Na gravação em que fala sobre o vazamento, o youtuber diz que já se reuniu com advogados, assessores e outros colegas do YouTube para analisar as ações e divulgar um posicionamento sobre a aitute que considera "extremamente errada e problemática". "Eu vou fazer piada, essa é a minha função na internet. Agora, isso, de fato, é crime. Isso é importante ser ressaltado. Em 2018, você não pode compartilhar um nude achando que não está cometendo um crime. Por mais que a gente tenha dado risada, por mais que a gente tenha se divertido aqui nesse vídeo. Todas as pessoas que compartilharam, divulgaram o vídeo serão processadas criminalmente", comenta Felipe Neto no vídeo divulgado em seu canal oficial na própria quarta (25), e que já está com mais de dois milhões de visualizações.

"Óbvio que vai causar dano à minha imagem. É claro que vai ter pai e mãe que vai ver esse tipo de coisa e vai levar para o lado errado, não vai levar em consideração que eu sou a vítima da história. Porém, essas pessoas serão processadas porque a gente não pode deixar passar impune [...] É a medida que deve ser tomada para que a gente possa, cada vez mais, coibir esse tipo de ato, para que outras pessoas não sejam vítimas. Vamos sempre lembrar: compartilhar qualquer vídeo íntimo sem autorização é crime", comenta o influenciador digital, que tem uma grande audiência infantil devido ao canal Irmãos Neto (9,7 milhões de seguidores), no YouTube, no qual grava vídeos de testes e brincadeiras ao lado do irmão Luccas Neto, de 26 anos.

No Twitter, Felipe também aproveitou para falar sobre os inúmeros comentários que surgiram, tanto de apoiadores quanto de críticos, incluindo outros youtubers. "Nossa eu to recebendo tanta mensagem linda de apoio e tanta cantada gay eu só queria mesmo dizer obrigado", publica o carioca.

Assista, abaixo, ao vídeo de Felipe Neto com os esclarecimentos sobre o vazamento:

Últimas notícias

Comentários