Publicidade

Estado de Minas SUSPEITA DE ADULTERAÇÃO

32 marcas de azeite têm lotes suspensos pelo Ministério da Agricultura

As empresas são suspeitas de adulterar os produtos acrescentando óleo de soja e outras substâncias de origem indeterminada


postado em 03/10/2019 16:36 / atualizado em 04/10/2019 14:28

(foto: Pixabay)
(foto: Pixabay)
Mais uma vez, marcas de azeite de oliva tem lotes de seus produtos suspensos pelo Ministério da Agricultura. As empresas são suspeitas de adulterar os azeites acrescentando óleo de soja e outras substâncias de origem indeterminada.

O órgão federal descobriu as adulterações por meio da Operação Isis, iniciada em 2016 e que tem por objetivo fiscalizar a qualidade desse tipo de produto no Brasil. Segundo o Ministério da Agricultura, as amostras foram apreendidas em 2017 e 2018 e passaram por exames laboratoriais que comprovaram que os azeites receberam adição de outros produtos que os descaracterizavam - para ser de fato azeite de oliva, é necessário que o único ingrediente seja o óleo extraído do fruto da oliveira.

Ainda de acordo com o órgão, a maioria dos lotes, praticamente, já não são encontrados nas prateleiras, pois os varejistas já foram alertados sobre o problema com os azeites. Entretanto, é possível que alguns exemplares ainda sejam encontrados. "Embora os supermercados tenham sido alertados quanto às marcas que sistematicamente produzem azeite fraudado, muitos comerciantes ainda insistem em vender esse tipo de produto em razão do baixo preço", diz o Ministério da Agricultura em nota enviada ao site de notícias G1, da Globo.

A recomendação do Procon para casos em que o consumidor compra um produto fraudado é pedir o reembolso diretamente para o estabelecimento onde foi realizada a compra, levando até o local a nota fiscal, além do item com problema. É importante, ainda, procurar uma das unidades do Procon para registrar uma reclamação.

Confira as 32 marcas de azeite que tiveram lotes de seus produtos suspensos pelo Ministério da Agricultura na quarta-feira (2 de outubro de 2019):

  1. Aldeia da Serra
  2. Barcelona
  3. Casa Medeiros
  4. Casalberto
  5. Conde de Torres
  6. Dom Gamiero
  7. Donana
  8. Flor de Espanha
  9. Galo de Barcelos
  10. Imperador
  11. La Valenciana
  12. Lisboa
  13. Malaguenza
  14. Olivaz
  15. Olivenza
  16. One
  17. Paschoeto
  18. Porto Real
  19. Porto Valencia
  20. Pramesa
  21. Quinta da Boa Vista
  22. Rioliva
  23. San Domingos
  24. Serra das Oliveiras
  25. Serra de Montejunto
  26. Temperatta
  27. Torezani
  28. Tradição
  29. Tradição Brasileira
  30. Três Pastores
  31. Vale do Madero
  32. Vale Fértil

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade