Publicidade

Estado de Minas ARTE

Muro do seminário da Arquidiocese de BH é decorado com grafites

Iniciativa é coordenada por ex-aluno de instituição que ampara crianças de vilas e favelas


postado em 25/08/2022 08:04 / atualizado em 25/08/2022 08:04

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)
Dentro do contexto das celebrações dos 100 anos do Seminário Arquidiocesano Coração Eucarístico de Jesus (Sacej), jovens artistas de Belo Horizonte, referências na arte do grafite, coloriram o grande muro do Convivium Emaús, onde está inserido o Sacej, na avenida Delta, via que liga o Anel Rodoviário à Via Expressa.

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)
A intervenção começou na sexta-feira, 19 de agosto e foi finalizada no dia seguinte. A ideia da instituição é "deixar o caminho, por onde passam milhares de pessoas diariamente, menos cinza e mais alegre". Com quase 90 metros de extensão e 3,2 metros de altura, o muro do Sacej vai ganhoou 10 grandes painéis grafitados, de forma solidária, com os seguintes temas: esperança, fraternidade e solidariedade, dor e alegria, ecologia, educação, paz, fé, Nossa Senhora da Piedade e cuidado com os pobres.

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)
O projeto foi coordenado pelo também grafiteiro Rodrigo Astro, que cresceu na comunidade Vila Maria e é ex-aluno do Projeto Providência, instituição da Arquidiocese de Belo Horizonte, presente em vilas e favelas, que oferece ensino em tempo integral para crianças de famílias pobres em suas três unidades: Fazendinha (Aglomerado da Serra), Taquaril e Vila Maria. Rodrigo se graduou em jornalismo e hoje é colaborador da Providens - Ação Social Arquidiocesana. 

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade