Publicidade

Estado de Minas CURIOSIDADE

Você sabe quem inventou o piano?

Se estivesse vivo, o italiano Bartolomeo Cristofori faria 360 anos, e, por isso, ganha homenagem do Google


postado em 04/05/2015 09:46

O piano é um instrumento musical de cordas, onde o som é produzido pela vibração das mesmas. Quando se ativa o teclado, as peças de madeira, revestidas normalmente com feltro, tocam nas cordas esticadas e presas em uma estrutura rígida de madeira ou metal e produzem o som.

Seu inventor foi o italiano Bartolomeo Cristofori. Nascido em Pádua, no dia 4 de maio de 1655, o especialista em música fabricava instrumentos musicais desde criança, principalmente cravo, o instrumento de teclado mais difundido da época. Como o cravo não permitia diferenças de intensidade de som, Bartolomeo buscava uma forma de conseguir imprimir intensidade ao toque, variando o som entre suave e forte. Ao substituir o material principal da reprodução dos sons no interior do instrumento, trocando penas por martelos, o italiano atingiu seu objetivo. A primeira versão do piano foi apresentada em 1709.

O Doodle em homenagem a B. Cristofori mostra o funcionamento do piano, por dentro, ao se tocar uma tecla(foto: Google.com.br/Reprodução)
O Doodle em homenagem a B. Cristofori mostra o funcionamento do piano, por dentro, ao se tocar uma tecla (foto: Google.com.br/Reprodução)


O novo instrumento foi denominado gravicembalo con piano e forte, expressão que em português se traduziria por cravo com piano e forte, logo simplificada para pianoforte dado que possibilitava a execução de sons pianos (fracos) e sons fortes. Por este motivo, na Itália, o piano, ainda hoje, é chamado pianoforte.

Para celebrar os 360 anos do nascimento de Bartolomeo Cristofori, o Google produziu um Doodle interativo sobre o inventor. Além de apresentar o interior do piano para quem acessa o buscador, a animação permite que se aumente ou reduza a força do toque do músico.

(com Portal EBC)

Os comentários não representam a opinião da revista e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade